Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Cidades

Frente fria permanece e Capital pode ter mais um dia de "dilúvio" nesta quarta-feira

A temperatura máxima não ultrapassa 27ºC e pode chover a qualquer hora do dia

27 fevereiro 2019 - 07h15Por Luis Abraham

A chuva e mau tempo devem permanecer em todo Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (27). A influência de um sistema de baixa pressão colabora para espalhar mais nuvens carregadas sobre o Estado e acentuam a formação de novas áreas de instabilidades, com risco de temporal a qualquer hora do dia. Os ventos podem chegar até 60 km/h.

Em Campo Grande a precipitação pode chegar a 50 mm, o que deve também fazer cair ainda mais a temperatura. A máxima prevista para a Capital é de 27ºC e mínima de 19ºC. No interior do Estado as condições seguem o padrão da previsão para a Capital.

Céu nublado com grande possibilidade de chuva ao longo do dia. Corumbá, uma das regiões mais quente de Mato Grosso do Sul,  pode registrar máxima de de 29ºC e mínima de 23ºC. Três Lagoas, Coxim e Ponta Porã têm previsão de mínimas de 21ºC, 20ºC e 18ºC, respectivamente. 

Na segunda maior cidade do MS pode chover a qualquer hora, deixando Dourados com 19ºC de temperatura mínima e máxima de 26ºC, a umidade relativa do ar permanece entre 92% e 100%. A chuva que começou na terça-feira de ontem já computou estragos e áreas alagadas em Campo Grande e diversas cidades do Estado.

Leia Também

Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
Interior
Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Geral
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Geral
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido
Cidade Morena
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido