Menu
quinta, 03 de dezembro de 2020
Cidades

Governo libera R$ 2,4 milhões para municípios em meio a pandemia de Coronavírus

O recurso será destinado aos 79 municípios

25 março 2020 - 11h29Por Dany Nascimento

O Governo de Mato Grosso do Sul liberou R$ 2,4 milhões para os 79 municípios, referentes as parcelas de janeiro e fevereiro de 2020, visando a continuidade no atendimento das famílias e indivíduos em situação de extrema vulnerabilidade e risco social.

“Esses recursos foram liberados para os 79 municípios do Estado. Neste momento estamos adotando uma excepcionalidade e liberando os recursos até mesmo para aqueles municípios que ainda necessitavam de entregar uma ou outra documentação. É um dinheiro que vai diretamente para os municípios e que beneficia o cidadão de forma contundente, por meio de ações do próprio município e também de organizações, como por exemplo, asilos, casas de recuperação e entidades que atendem crianças e adolescentes”, disse a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Neste ano,  o Governo do Estado, por meio de transferências do fundo estadual para fundos municipais de assistência social via Sedhast, vai liberar mais de R$ 18 milhões em recursos. Mais de 600 organizações da sociedade civil realizam trabalhos nos municípios do estado com esses recursos.

“A política de assistência social, por meio do Sistema Único de Assistência Social, é imprescindível em nossa sociedade. Em momentos como esse é que ela se faz ainda mais necessária”, afirma Elisa.

Gestores municipais da assistência social podem esclarecer dúvidas quanto ao repasse, ou ainda sobre documentações pendentes, via Coordenadoria de Apoio a Gestão do Sistema Único da Assistência Social da Sedhast (CAGSUAS), com os telefones (67) 3318-4115, 318-4130 ou 3318-4132.

Leia Também

Omertà: Pantanal Cap aposta em decisão favorável da Justiça antes de devolver dinheiro de cartelas
Cidade Morena
Omertà: Pantanal Cap aposta em decisão favorável da Justiça antes de devolver dinheiro de cartelas
Motorista de app adota cadela ao saber que ela seria sacrificada no RJ
Geral
Motorista de app adota cadela ao saber que ela seria sacrificada no RJ
Preso por ataque a banco em Criciúma já tentou soltar Marcola da cadeia
Geral
Preso por ataque a banco em Criciúma já tentou soltar Marcola da cadeia
Mais rigor: MPE quer lei seca e toque de recolher mais amplo em Campo Grande
Cidade Morena
Mais rigor: MPE quer lei seca e toque de recolher mais amplo em Campo Grande