Menu
Busca sábado, 04 de julho de 2020
ALMS
Cidades

Inconformada com decisão, mulher diz que juíza 'pensa que é Deus' e vai presa por desacato

Fato aconteceu na sala da 2ª Vara de Família de Campo Grande

18 outubro 2016 - 21h52Por Thiago de Souza

Uma mulher de 32 anos, foi presa, na tarde desta terça-feira (18), no Fórum de Campo Grande, após desacatar a juíza Cintia Xavier Letteriello Medeiros. Inconformada com a decisão da magistrada, a mulher reclamou que a juíza pensava que ''era Deus''. 

O fato aconteceu no final de uma audiência na sala da 2ª Vara de Família, que fica na Rua da Paz. A mulher não ficou satisfeita com a decisão proferida pela juíza, ficou alterada e foi advertida que se continuasse com o nervosismo seria presa. Em seguida ela continuou com a reclamação e recebeu a voz de prisão. 

Segundo a mulher, a juíza estaria a mal tratando desde o início da audiência e que poderia prendê-la, pois ela 'não estava nem aí'. O esposo da detida estava junto e ficou com os pertences dela enquanto era levada para a delegacia. O caso foi registrado na Depac Centro.   

(Matéria alterada às 19h20 de 19/10/2016 para supressão e acréscimo de informações)

 

 

Leia Também

Salários de servidores municipais e estaduais já estão na conta
Economia
Salários de servidores municipais e estaduais já estão na conta
FRIO DAQUELES: sábado de temperaturas de 7ºC em Mato Grosso do Sul
Cidades
FRIO DAQUELES: sábado de temperaturas de 7ºC em Mato Grosso do Sul
Mesmo com polêmicas, campo-grandense aprova medidas de Bolsonaro contra Covid
Saúde
Mesmo com polêmicas, campo-grandense aprova medidas de Bolsonaro contra Covid
Com droga e bebedeira, 'baile da covid' rola solto na Fábio Zahran
Cidade Morena
Com droga e bebedeira, 'baile da covid' rola solto na Fábio Zahran