Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Cidades

Inscrições para Vale Universidade começam dia 21

Bolsa

04 janeiro 2014 - 07h39Por Ana Rita Chagas

A partir do dia 21 de janeiro começa o período de inscrições  para acadêmicos de Mato Grosso do Sul se inscreverem no processo seletivo do Programa Vale Universidade. Os interessados terão de fazer a inscrição por meio do site www.setas.ms.gov.br

De acordo com a  Settas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social) a primeira fase do processo seletivo será totalmente on-line. Os candidatos deverão acessar o site da secretaria e preencher a inscrição. Após o término do período de inscrição os acadêmicos deverão acompanhar a seleção preliminar que o próprio Sistema de Informação em Gestão Social (SIGS) classifica por ordem crescente de renda.

Na seleção preliminar, constará a data, o horário e o local onde os candidatos deverão comparecer munidos de todos os documentos que constam na resolução referente ao processo seletivo em andamento.

Benefício - O estudante terá de comprovar a renda individual ou inferior a R$ 1.356 e renda familiar mensal, não superior a R$ 2.712, além de estar matriculado em curso presencial de licenciatura ou bacharelado, autorizado pelo  MEC (Ministério da Educação), mantido por Instituição de Ensino Superior pública ou privada sediada em Mato Grosso do Sul e conveniada ao Programa. 

Leia Também

Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Interior
Presidiários e policiais são flagrados em festinha em presídio no Paraguai
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Na Lata
Na Lata: bolsonarista defende Pedro Kemp e paga mico ao denunciar candidato do PSL
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Cidade Morena
Candidatos fazem críticas e prometem investir em empregos e educação em horário noturno
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde
Geral
Em 24 horas, 508 brasileiros morrem de covid-19, diz Ministério da Saúde