Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Cidades

Isenção do ISS do transporte público causará impacto de somente 1% aos cofres públicos

ISS

31 outubro 2013 - 11h30Por Schimene Weber e Juliene Katayama

Em meio às discussões sobre a redução da tarifa de ônibus, a diretora da Agereg, Ritiva Cecília de Queiroz Vieira, deu sua opinião quanto a isenção do Imposto Sobre Serviço.

Para Ritiva, zerar o ISS causará um impacto de menos de 1% do orçamento total, o que resulta na perda de 8 milhões para os cofres públicos.

O presidente da Câmara dos Vereadores, Mario Cesar, além de questionar a retirada do ISS em 100%, deixou no ar um ponto de interrogação ao perguntar de onde entrariam os recursos para repor a perda de oito milhões que a redução impactaria em Campo Grande.

Ritiva complementou que, no Brasil, outras capitais e cidades já reduziram o Imposto e, por isso, existem precedentes de que a isenção não é algo ilegal e perfeitamente possível.

A votação do projeto de redução da passagem de ônibus deverá entrar na pauta da próxima terça-feira, dia 5.

Leia Também

Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Geral
Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Polícia
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Política
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS
CORONAVÍRUS
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS