Menu
quarta, 23 de setembro de 2020
Cidades

Mato Grosso do Sul é líder isolado em transparência no Brasil

Mesmo com mudança no método de avaliação, MS segue no topo do ranking com as 27 unidades da federação

27 fevereiro 2019 - 11h45Por Redação

Mato Grosso do Sul é líder isolado em transparência no Brasil. Dados da Controladoria-Geral da União (CGU), divulgados nessa terça-feira (27), colocam o Estado no topo do ranking com nota 9,64. O reconhecimento é resultado de um novo método de avaliação, aplicado entre julho e novembro de 2018, chamado de “Escala Brasil Transparente – Avaliação 360°” (EBT 360°).

Considerada como “inovação na tradicional metodologia de avaliação da transparência pública”, a EBT 360° passou a contemplar não só a transparência passiva, mas também a transparência ativa (publicação de informações na internet), conforme explica o controlador-geral de Mato Grosso do Sul, Carlos Eduardo Girão de Arruda.

“Mais do que verificar o cumprimento da Lei de Acesso à Informação, ela [EBT 360°] analisa boas práticas – como acompanhamento de obras públicas, com passo a passo, e publicações de informações sobre receitas e despesas . Essa metodologia é mais ampla e mais profunda em termos de transparência”, destaca o controlador-geral.

Para o governador Reinaldo Azambuja, a nova conquista estadual revela que o Governo está no caminho certo. “Transparência é um compromisso do nosso Governo; é incentivo para a população participar ativamente da nossa gestão. Essa nova avaliação da CGU reconhece nossos esforços para uma administração eficiente em Mato Grosso do Sul”, comemora o governante.

No Portal da Transparência da CGU é possível conferir as notas de todos os estados e municípios avaliados. No topo do ranking com 9,64, Mato Grosso do Sul está à frente do Distrito Federal (9,62), Ceará (9.47), Santa Catarina (9,4), Pernambuco (9,4) e Rio Grande do Sul (9,32). O Estado também tem nota acima da média nacional que é de 8,26.

Histórico positivo

Destaque no Centro-Oeste e no Brasil, Mato Grosso do Sul vem de uma sequência de notas positivas em avaliações da CGU relacionadas à transparência (que só levam em consideração a transparência ativa). O Estado saiu de uma nota 2,5 em 2015 para 10 em 2017 – crescimento de 300%.

Na avaliação da Rede de Controle, composta por 16 instituições, a nota de MS saltou de 1,4 em 2015 para 10 em 2016 e 2017 – crescimento de 614%. Fazem parte da Rede de Controle a CGU, a Advocacia Geral da União (AGU); o Ministério Público Estadual (MPMS); Polícia Federal (PF) e Tribunal de Contas da União (TCU).

Leia Também

Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
Interior
Homem de 62 anos se masturba enquanto chama criança de oito anos para sexo em Coxim
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Geral
De 36 detentos, só dois foram recapturados após fuga em massa por causa da covid no PR
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Geral
Com 836 óbitos no dia, total de brasileiros mortos na pandemia chega a 138 mil
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido
Cidade Morena
Quadro em branco: aula na rede municipal só online e retorno presencial segue indefinido