TJMS - 14 a 17/10
Menu
Busca quinta, 17 de outubro de 2019
Top Ms
Cidades

Após derrubada de 'gatos', moradores protestam contra Energisa em Campo Grande

Concessionária fez o desligamento das conexões ilegais com apoio da polícia

11 julho 2019 - 15h00Por Diana Christie

Em forma de protesto contra o desligamento de 'gatos' de energia, os moradores do conjunto de casas da Homex - projeto abandonado pela empresa mexicana em 2016 -, em Campo Grande, estão se deslocando para BR-163 para o fechamento da via em protesto contra a Energisa.

Mais de 150 pessoas profissionais foram ao local para combater o furto de energia. Segundo a assessoria da concessionária, foram 70 equipes da Energisa e apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar.

A empresa mapeou 80 pontos de conexão de energia que abasteciam, de forma irregular, 1,2 mil famílias. Essas ligações consumiram em média 2203MWh/ano, o que equivale a R$ 1.085.770 milhões de reais/ano.

Conforme a Resolução 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), as distribuidoras de energia só podem regularizar o fornecimento de energia em áreas invadidas com a permissão do poder concedente: Governo, Prefeitura Municipal ou Ministério Público.

Para denunciar casos de furto de energia, o cliente deve entrar em contato pelo 0800 722 7272.