TCE 27/10 a 29/10
Menu
quinta, 28 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

MS completa 44 anos como exemplo no combate à pandemia no Brasil

Hoje, o Governo do Estado comemora evolução na saúde e economia

11 outubro 2021 - 07h00Por Rayani Santa Cruz

Completando 44 anos neste 11 de outubro, Mato Grosso do Sul conseguiu vencer a pandemia da covid-19, e virou exemplo para o Brasil. Apesar dos quase dois anos de pandemia, o governado Reinaldo Azambuja (PSDB) e o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende comemoram a vitória diante do vírus e a retomada econômica.

Para o secretário Geraldo Resende, a perda do posto de 'Estado que mais vacina no Brasil' para São Paulo não desmerece o esforço de todas as equipes do governo do estado. Ele afirma que havia uma disputa saudável entre MS e SP, mas que o Estado "pretende imunizar o máximo de cidadãos possível e convencer os negacionistas que ainda não aplicaram as doses a se imunizar."

Resende diz que a intenção é incentivar prefeitos e prefeitas para que as equipes montem estratégias para imunizar o restante que falta. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) afirma que o Estado já imunizou 62% da população.

Já o governador Reinaldo vem destacando a competitividade do Estado apesar da crise provocada pela pandemia. Afirma que a vacinação em massa no Estado proporcionou a retomada econômica. Ele destacou que o bom desempenho coloca MS entre os Estados que se recuperarão primeiro da crise.

Entre entre as medidas houve em julho a antecipação da metade do 13° salário aos servidores estaduais, com injeção de R$ 665 milhões na economia do Estado.

“Estamos entre os estados com melhor desempenho na imunização da população, graças à nossa logística de distribuição. Junto com isso, temos bilhões em obras e o programa de retomada da economia, estendendo as mãos aos setores mais atingidos pela pandemia”, descreveu o governador Reinaldo Azambuja.

A opinião é a mesma do secretário de Estado de Infraestrutura Eduardo Riedel: 

"Vivemos um momento especial. Estamos materializando nossos potenciais e os transformando em investimento, gerando mais riqueza, mais emprego, renda e oportunidades para todos. Produzimos e exportamos como nunca e em plena pandemia. Atraímos milhares de novas empresas que aqui produzem e crescem. É a capacidade de trabalho do povo sul-mato-grossense que nos torna singular nesse momento de crise e insuficiência de todas as ordens. Muitos ainda não percebem, mas hoje estamos ocupando posições privilegiadas, espaços estes anteriormente permitidos somente pelos grandes estados do Sudeste"
 

Além disso, cita que foi lançado o programa de auxílio financeiro (Incentiva + MS Turismo) a profissionais do turismo, bares e restaurantes, no valor de R$ 1 mil durante seis parcelas.

Outo programa de incentivo é o “+ Crédito MS”, que prevê financiamento de até R$ 3º mil a pequenos empresários e o “MS Cultura Cidadã”, com auxílio aos profissionais do setor com R$ 600,00 durante três meses. Às famílias carentes foi criado o “Mais Social”, que é o repasse de R$ 200,00 mensais de forma permanente, por meio de um cartão social.

 

Leia Também

Agora vai? Tempo fecha a cara em Campo Grande e anuncia novo temporal
Campo Grande
Agora vai? Tempo fecha a cara em Campo Grande e anuncia novo temporal
Lula segue líder e vence Bolsonaro no 1º e 2º turnos, diz PoderData
Política
Lula segue líder e vence Bolsonaro no 1º e 2º turnos, diz PoderData
Ônibus acerta carro e deixa idoso ferido em Chapadão do Sul
Interior
Ônibus acerta carro e deixa idoso ferido em Chapadão do Sul
Mãe descobre troca de bebês em maternidade e se diz 'feliz e arrasada'
Geral
Mãe descobre troca de bebês em maternidade e se diz 'feliz e arrasada'