TJMS - novembro
tce novembro
Menu
Busca segunda, 18 de novembro de 2019
Cidades

MS tem o maior crescimento na geração de empregos do país

Mato Grosso do Sul criou 14.659 vagas no mercado formal de trabalho, de janeiro a maio de 2019

06 julho 2019 - 11h52Por Da redação

Mesmo no momento de crise financeira, Mato Grosso do Sul criou 14.659 vagas no mercado formal de trabalho, no período de janeiro a maio de 2019, e teve o maior crescimento no saldo de empregos do país, com índice de 2,90%, enquanto a média nacional foi de 0,91%.

Espírito Santo, Santa Catarina, Goiás e Mato Grosso aparecem na sequência, respectivamente, com variação de 2,68%, 2,42%, 2,06% e 1,92%. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia.

Para o governador Reinaldo Azambuja, o resultado mostra a pujança da economia de Mato Grosso do Sul, apesar do momento de dificuldade que o Brasil atravessa. “O Brasil diminuiu muito o crescimento econômico nesses últimos anos, infelizmente, e quando tem geração de emprego é que a atividade econômica está crescendo. E Mato Grosso do Sul, de novo, de janeiro a maio, foi o estado do Brasil que mais gerou empregos de todos os 27 estados”, afirmou.

“Enquanto o Brasil teve 0,91%, Mato Grosso do Sul teve 2,9% de crescimento na geração de empregos. Isso é bom porque mostra que, mesmo na retração econômica, a economia está andando para frente e crescendo”, prosseguiu Reinaldo Azambuja. A declaração foi feita nesta sexta-feira (5.7), durante a assinatura da ordem de serviço para o asfaltamento de 10,2 km da MS-244, em Jaraguari.

Nos últimos 12 meses, Mato Grosso do Sul teve 10 com saldos positivos, ou seja, com mais contratações do que demissões. As únicas exceções foram os meses de maio e dezembro de 2018.

MAIO

Somente no mês de maio deste ano, Mato Grosso do Sul abriu 1.097 vagas de trabalho com carteira assinada, uma variação de 0,21% em relação a abril. Sete dos oito setores da economia tiveram desempenho positivo no estado.

O setor de Serviços foi o principal responsável pelo desempenho de Mato Grosso do Sul, com abertura de 752 postos de emprego. Também tiveram saldos positivos Indústria de Transformação, Construção Civil, Agropecuária, Serviços Industriais de Utilidade Pública, Extrativa Mineral e Administração Pública.

Entre os municípios sul-mato-grossenses com mais de 30 mil habitantes, o melhor resultado foi de Campo Grande, com criação de 276 vagas de emprego em maio, seguido por Dourados (186), Naviraí (71), Três Lagoas (67) e Corumbá (52).