Menu
terça, 24 de novembro de 2020
Cidades

No Dia da Alimentação, nutricionistas pedem a volta da Lei da Cantina Saudável

Dia da Alimentação

16 outubro 2013 - 17h30Por Carlos Guessy e Willian Leite

A comemoração do Dia Mundial da Alimentação em Campo Grande ganhou um apelo sobre a volta da lei da Cantina Saudável. O evento ocorreu durante todo o dia de hoje (16), no calçadão da rua Barão do Rio Branco.

Além de orientações nutricionais, quem passava pelo local, era convidado para escutar algumas informações com especialistas e ainda ganhar alimentos orgânicos ou então assinar o abaixo assinado em favor da Cantina Saudável.

A presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar, Osvaldinete de Oliveira, disse que a mobilização tem o objetivo de tirar Campo Grande do topo do ranking das capitais mais obesas do país.

“Especialmente por ser a cidade mais obesa, nós acreditamos que esse movimento tem que ser propagado entre as pessoas. Para ter uma população saudável, temos que começar desde cedo. A venda de produtos saudáveis nas cantinas é fundamental”, explicou Osvaldinete.

O ônibus conhecido como “Verdurão”, geralmente estacionado às quartas-feiras na feira realizada na Praça do Rádio Clube hoje esteve na Barão. O valor das hortaliças e verduras é tabelado em R$ 2,50 por qualquer item.

“Temos todos os tipos de verduras e legumes orgânicos. Temos alface, abobrinha, tomate, mandioca, manjericão, salsinha, cebolinha, umas dezenas”, conta a produtora Zilda de Freitas, 52 anos, que há 10 anos planta verduras e legumes.

A orientação sobre as calorias, sal, açúcar e gordura de alimentos que todos consomem no dia a dia também é o objetivo dos nutricionistas que participaram da ação. Alguns índices chamam a atenção, um pacote de bolacha de chocolate, por exemplo, tem cerca de 880 calorias, quase o dobro de uma pizza congelada.

"A idéia é atender 400 pessoas durante todo o dia. Até agora foi mais de 300 atendimentos até agora (16horas). Estamos calculando o IMC (Índice de Massa Corporal), averiguando a pressão, glicemia e entregando vários panfletos", disse a técnica de enfermagem e responsável pelo Projeto Viva Saúde, Thaís Gonçalves.

Leia Também

Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Geral
Está faltando cerveja no mercado: bebida começa a faltar no Brasil
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Polícia
Vendedor diz que guarda municipal faz concurso a “nível macaco” e se dá mal
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Política
Senador é suspeito de estuprar jovem depois de festa em São Paulo
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS
CORONAVÍRUS
Geraldo Resende alerta para novo aumento de casos da covid em MS