TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
domingo, 26 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Cidades

No dia da Polícia Militar e Civil, profissionais são homenageados em todo MS

Eles são responsáveis por manter a segurança pública em ordem; Parabéns a todos

21 abril 2020 - 14h30Por Nathalia Pelzl

Hoje, dia 21 de Abril, é comemorado em Mato Grosso do Sul, o dia da Polícia Militar Civil. Nas redes sociais, o deputado estadual Coronel David (PSL), postou homenagens aos dois grupos de segurança.

“Agindo em qualquer função, ao povo eu dou proteção para o meu dever cumprir. Em minha luta aguerrida. Eu arrisco a minha vida. É meu dever servir. Parabéns a todos os policiais civis, que diariamente estão atuando na defesa de todos os cidadãos de bem”, disse aos civis.

Já para os militares, o deputado postou. ““Nós somos força aguerrida. Tropa atenta do povo a serviço. Sentinela avançada e alerta. Braço forte no garbo e no viço. Orgulho da Farda que vesti e eternamente honrarei! Parabéns a todos os policiais militares pelo seu dia”.

Esses profissionais são responsáveis por manter a segurança pública em ordem. O  índice de esclarecimento de homicídios em Mato Grosso do Sul é 10 vezes maior que o registrado no País.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, um levantamento feito em âmbito nacional, a média de resoluções de crimes de homicídio fica em torno dos 6%. No MS este índice é superior aos 60%, com registro de 238 mil ocorrências.

Em 2019, 24 municípios do MS tiveram 100% dos crimes de homicídio solucionados, enquanto outras 17 cidades não registraram um único caso.

O delegado-geral da Polícia Civil do MS, Marcelo Vargas Lopes, atribui os resultados a um trabalho conjunto das forças de segurança. Ele aponta que os números de resolução de homicídio doloso devem chegar a, pelo menos, 70% até junho desse ano, com a conclusão de investigações ainda em andamento.

O latrocínio, roubo seguido de morte, caiu 44%: de 25 em 2018 para 14 no ano passado. Já os casos de homicídios dolosos registram queda de 11,3% entre os anos de 2018, onde foram identificados 451 casos, e 2019, com 400 casos.

Em Campo Grande, ainda segundo divulgado, a queda foi de 66%, com registros de nove casos em 2018 e três, no ano passado.

Quantos aos crimes de feminicídio, a queda foi de 3,1%. Em 2019 foram registrados 31 casos. Um a menos que o ano anterior. 

Já a Polícia Militar, no início do ano, divulgou dados de 2019 com redução dos índices criminais e aumento significativo nas apreensões de drogas.

Na ocasião, o Comandante-Geral da PMMS, Coronel Waldir Ribeiro Acosta, afirmou que os números positivos são resultados das inúmeras e constantes operações policiais, blitz e atividades preventivas desenvolvidas pelos comandos da capital e interior.