TCE MAIO
(67) 99826-0686

Polícia e Exército prendem três pessoas por porte e venda de armamento restrito

Ação foi no âmbito da Operação Alta Pressão IV em Campo Grande

20 OUT 2016
Thiago de Souza
18h56min
Armas eram de uso restrito e não podiam ser vendidas Foto: Dourados News

 A Polícia Civil em Campo Grande, por meio do Garras (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos) em ação conjunta com o Exército Brasileiro prendeu três pessoas por porte ilegal de arma de uso restrito das Forças Armadas. Armas e réplicas foram apreendidas, no âmbito da Operação Alta Pressão IV.

Um casal, proprietário de uma empresa de transporte de mercadorias foi preso em flagrante, por portar armas irregularmente. Segundo o Dourados News, a empresa não possuía certificado de registro e documento obrigatório expedido pelo Exército. No estoque foram encontrados seis armas de fogo, sendo cinco pistolas e um revólver.  

Já o segundo alvo da operação foi um box da Feira Central, onde foram apreendidos sete Lunetas de alcance/precisão, acessório de arma de fogo, e também uma pistola de gás comprimido, que também exige que a empresa possua o registro para poder expor a venda tal produto.

Ainda no mesmo box foram apreendidos diversas réplicas de armas de fogo, espingardas e pistolas de pressão, todos de origem estrangeira e sem documentação legal, que serão encaminhados à Receita Federal.

Diante dos fatos o responsável também foi preso e autuado em flagrante , por expor à venda acessório de arma de fogo sem documentação legal.

 

Veja também