Menu
sábado, 23 de outubro de 2021 Campo Grande/MS
Cidades

Prefeito de Maracaju discute Plano Municipal de Saneamento Básico com a Sanesul

Serão investidos R$ 7,8 milhões na ampliação do sistema de esgotamento sanitário da cidade

01 novembro 2016 - 12h52Por Sanesul

O prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, participou de reunião com o diretor-presidente da Sanesul, Luiz Rocha, e equipe técnica da Empresa, para tratar do Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) do município.

A reunião faz parte de uma série de encontros realizados na Sanesul com prefeitos das cidades atendidas pela Empresa, com o objetivo de adequar os investimentos em esgotamento sanitário, conforme a Lei Federal do Saneamento Básico (Lei 11.445/07), de acordo com os investimentos propostos pela Sanesul e as necessidades da população, identificados a partir de audiências públicas realizadas para elaboração do PMSB.

O Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa (CIDEMA), por meio de consultoria contratada, está realizando as audiências públicas para a elaboração dos Planos Municipais de Saneamento Básico, dentre eles Maracaju.

“Apresentamos para o prefeito, durante a reunião, os investimentos realizados em Maracaju, e a obra de ampliação do sistema de esgoto que será executada na cidade, na qual serão investidos cerca de R$ R$ 7,8 milhões, entre recursos do Governo Federal via Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e Sanesul”, explicou o diretor-presidente Luiz Rocha.

A obra de ampliação do sistema de esgoto contempla a construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto, com capacidade para tratar 50 litros de esgotos por segundo e duas estações elevatórias. O valor do investimento é de R$ 7,8 milhões sendo R$ 6,3 milhões oriundos do Governo Federal/Funasa e R$ 1,5 milhão do Governo do Estado por meio da Sanesul.

Da Sanesul, participaram da reunião, realizada na última quarta-feira (26) na sede administrativa da Empresa, além do diretor-presidente, o assessor Edgar Bento, a gerente de Projetos, Maria de Lourdes Tapparo, o engenheiro ambiental, Renato Caceres e o gestor de projetos de água, Nereu Fontes. Da consultoria contratada pela CIDEMA participaram Regina Duarte, e da Prefeitura de Maracaju o secretário de Obras, Edmilson Alves Fernandes e Denis Lopes, coordenador de Meio Ambiente. 

Leia Também

Briga eleitoral 'quase' cancela show de Régis Danese e gera revolta em Bandeirantes
GLÓRIA E VOTO
Briga eleitoral 'quase' cancela show de Régis Danese e gera revolta em Bandeirantes
Nelsinho participa de encontro regional do PSD e fala da força política de MS
Política
Nelsinho participa de encontro regional do PSD e fala da força política de MS
Ventania deixa bairros de Campo Grande sem energia novamente
Campo Grande
Ventania deixa bairros de Campo Grande sem energia novamente
Acusado de sequestrar criança de 9 anos é preso em Dourados
Interior
Acusado de sequestrar criança de 9 anos é preso em Dourados