Menu
sábado, 05 de dezembro de 2020
Cidades

Prefeito de Sidrolândia-MS não cumpre a palavra e deixa estudantes sem ter como voltar para casa

Absurdo

01 novembro 2013 - 12h45Por Da redação

Apesar do compromisso do Prefeito Ari Basso (PSDB) e dos vereadores de Sidrolândia, de darem continuidade ao transporte universitário gratuito, uma das linhas que leva os estudantes até Campo Grande não funcionará a partir de hoje (1º). Os acadêmicos que estudam em período integral ou realizam estágio obrigatório não terão como voltar. Uma das opções é pagar o ônibus intermunicipal, um gasto a mais de R$300,00 por mês aos acadêmicos.


Em reunião com acadêmicos na última quarta-feira (30) o prefeito afirmou, pela segunda vez, que não cortaria nenhum ônibus universitário. Essa é uma das promessas eleitorais feitas pelo então administrador. Apesar do compromisso firmado, os acadêmicos ficaram surpreendidos nessa manhã, ao serem avisados por telefone pelos motoristas dos ônibus da empresa Vacaria Transporte e Turismo, de que o a linha havia sido cortada. A informação é de que o coordenador do transporte, José Luiz Olindo, mandou cancelar o ônibus por ordem de Ari Basso. 


Há duas semanas os estudantes foram informados que o transporte não funcionaria, mas na sessão na Câmara Municipal na última terça-feira (29) os vereadores também disseram apoiar os acadêmicos e afirmaram que o transporte não seria interrompido.


Aos estudantes o coordenador José Luiz afirmou erroneamente que a linha transporta apenas três estudantes e por isso a prefeitura não teria condições de manter o ônibus. Foto tirada ontem (31) por acadêmicos, revela o número real de usuários do transporte. O ônibus chega a transportar diariamente cerca 30 estudantes.

 

O ônibus sai de Sidrolândia às 11h da manhã e volta às 5h da tarde.  Com o corte as únicas opções dos estudantes será ir de madrugada para Campo Grande e voltar às 22h40 no ônibus do período noturno ou pagar pelo transporte municipal de Campo Grande e intermunicipal, um custo diário de R$ 15,00.

Leia Também

Medida protetiva não impediu Fabiana de ser morta e amigos lamentam fim trágico
In Memoriam
Medida protetiva não impediu Fabiana de ser morta e amigos lamentam fim trágico
Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
CORONAVÍRUS
Infectologista de MS pontua que estamos vivendo pior momento da pandemia no Brasil
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Geral
Sobe para 18 número de mortos em acidente de ônibus em Minas Gerais
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267
Interior
Motociclista perde controle de moto em chuva e garupa morre na BR-267