Menu
quinta, 24 de setembro de 2020
Cidades

Presos na Lama Asfáltica, João Amorim e Beto Mariano deixam a prisão

Um habeas corpus foi concedido por desembargadores de Mato Grosso do Sul

28 maio 2019 - 09h21Por Maressa Mendonça e Dany Nascimento

Depois de Beto Mariano, é a vez do empreiteiro João Amorim deixar o Centro de Triagem Anízio Lima, onde estava preso há quase um ano sob acusação de integrar um esquema de corrupção na gestão do ex-governador  de Mato Grosso do Sul André Puccinelli, do MDB (2007-2014).

O habeas corpus que determinou a liberdade deles foi concedido por desembargadores em uma decisão unânime. A justificativa para autorizar a saída deles é a demora no processo que corre em primeira instância há mais de um ano. 

Beto Mariano deixou a prisão ontem e João Amorim deve sair nesta terça-feira (28).

O advogado Valeriano Fontoura disse à reportagem que aguardava pelo julgamento do HC marcado ontem pelo Tribunal de Justiça. Foram dois habeas corpus, um deles colocou em liberdade João Amorim e o outro Beto Mariano.

Questionado sobre o passos que serão tomados a partir desta decisão, o advogado respondeu que deve “continuar trabalhando nos processos, apresentando as defesas e acompanhando as instruções, mas,  agora com estes em liberdade”, finalizou.

ENTENDA O CASO

O grupo é investigado desde o início da Lama Asfáltica, operação da PF, em 2012, mas que foi deflagrada em julho de 2015. A operação é resultado de um trabalho em parceria do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), em conjunto com a Polícia Federal (PF) e a Receita Federal (RF).

Estimativas apontam que os prejuízos causados pelo grupo criminoso, composto por empresários e servidores públicos de Mato Grosso do Sul, chegam a meio bilhão de reais.

Leia Também

Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Geral
Pai que roubou doações para filho com doença rara ganha prisão domiciliar
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Geral
Pilantra: mulher finge estupro para ganhar seguidores em redes sociais
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Geral
Covid-19 mata mais 869 brasileiros em 24 horas, lamenta Ministério da Saúde
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca
Polícia
Ladrão com faca invade casa de madrugada e morador 'mete bala' no Tijuca