A+ A-

domingo, 14 de abril de 2024

domingo, 14 de abril de 2024

Entre em nosso grupo

2

Cidades

21/02/2024 10:21

A+ A-

Programa MS Alfabetiza realiza reformas em 125 escolas estaduais

Obras não devem atrapalhar as aulas, iniciadas nesta quarta-feira

O programa MS Alfabetiza, da SED (Secretaria de Estado de Educação), realiza reformas em 125 escolas estaduais. Outras 64 unidades escolares já foram entregues.

Os prédios passam por readequações nas redes hidráulica e elétrica, obras de acessibilidade e pintura, e recondicionamento. As atividades não atrapalham o retorno dos estudantes.

O programa já executou 98% das atividades previstas, que incluem ampliação das escolas em tempo integral. Em 2023 e no início de 2024, o Governo de Mato Grosso do Sul investiu R$ 313 milhões nas reformas.

"Uma unidade reformada, com ambiente moderno, traz benefícios diretos no ensino e aprendizado. Estas intervenções proporcionam aos estudantes um melhor ambiente de aprendizado e aos nossos professores e servidores as condições para desenvolver com excelência o ensino", destaca o secretário estadual de Educação, Hélio Daher.

(Imagem: Bruno Rezende/SED)

Início das aulas

A Rede Estadual de Ensino inicia o ano letivo nesta quarta-feira (21) com cerca de 178 mil estudantes em 349 escolas em Mato Grosso do Sul. Neste ano, os 79 municípios oferecem turmas de ensino em tempo integral - são 210 escolas, ou seja, 60,34% da rede.

Foram abertas 48,6 mil vagas para a modalidade integral, sendo que 37,3 mil estudantes estão matriculados no formato. Há ainda 11,3 mil vagas remanescentes. No ano passado, eram 166 escolas com a oferta e 29,6 mil estudantes atendidos.

"Antecipamos uma meta que era para ser cumprida até 2026, e conseguimos já a partir deste ano ter pelo menos uma escola ofertando ensino em tempo integral em todos os municípios de Mato Grosso do Sul", enfatiza o governador Eduardo Riedel (PSDB).

Além do ensino em tempo integral, as escolas estaduais passam a ofertar em 2024 vagas para o Ensino Fundamental. A ação ocorre em regime de colaboração com os municípios, com 25,4 mil vagas do 1º ao 9º em turmas de tempo integral e parcial - 9,1 mil e 16,3 mil, respectivamente. Somente em Campo Grande foram 6 mil novas vagas.

Ao todo, 35 municípios contaram com a abertura de vagas extras no Ensino Fundamental para que os municípios possam focar em vagas para a educação infantil. Considerando somente o Ensino Fundamental I, foram abertas 4.181 vagas (parcial e integral). Já para os  4º e 5º anos, foram abertas 3.121 vagas na rede estadual.

(Fotos: Bruno Rezende/SED)

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias