Menu
segunda, 26 de julho de 2021
PMCG REFIS 16 A 29/07
Cidades

Riedel apresenta plano para retomada de empreendimentos turísticos em MS

Campanha 'Meu Estado, meu Destino' foi lançada nesta quinta-feira e visa estimular o setor duramente prejudicado na pandemia

22 julho 2021 - 11h29Por Rayani Santa Cruz

Em live nesta quinta-feira (22), o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, lançou a campanha 'Meu Estado, meu Destino'.  O programa do Governo do Estado visa estimular o turismo doméstico em Mato Grosso do Sul, um setor muito prejudicado pela pandemia. 

“Emocionante e surpreendente, a campanha retrata muito bem a realidade e mostra a valorização das belezas das nossas terras”, disse Riedel  que discorreu sobre o apoio às empresas de turismo.

“Desde ontem (21), está liberado o apoio às empresas de turismo que podem se cadastrar até dia 08 de agosto, pelo site turismo.ms.gov.br. Agora é o momento de acelerar a nossa retomada econômica, mesmo que tenhamos vivido um dos menores impactos do brasil. Com o plano de retomada, saímos na frente e por isso a campanha de estimulo ao turismo, com os protocolos de biossegurança bem entendidos”. 

Para o diretor-presidente da Fundação de Turismo de MS, Bruno Wendling, objetivo da campanha é despertar no sul-mato-grossense a vontade de viajar e conhecer seu próprio estado. “Estamos seguro de lançar esse programa inédito, porque todos os empreendimentos adotaram o protocolo de biossegurança. Nossos destinos são inigualáveis e desejados pelo mundo todo. A campanha Meu Estado, Meu Destino é uma iniciativa de fomento ao turismo”. 

Apoio ao turismo

Após o diálogo com os representantes do setor de turismo, ficaram definidas linhas de apoio aos empresários e profissionais do turismo: o ‘Incentiva+MS Turismo’. 
As inscrições se iniciaram nesta quarta-feira (21/07) e vão até 08 de agosto, exclusivamente de forma eletrônica pelo site www.turismo.ms.gov.br, no menu ‘Incentiva+MS Turismo’.

O valor do auxílio, 6 parcelas de R$ 1 mil pagas mensalmente, será o mesmo para pessoas físicas e jurídicas. O público é formado por Guias de Turismo; Microempreendedores Individuais (MEIs); Microempresas (MEs) das atividades econômicas:  Restaurantes e similares; Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas; Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares; Serviços ambulantes de alimentação; Operadores turísticos; Agências de viagens; e Serviço de organização de feiras, congressos, exposições e festas.

A iniciativa é composta por quatro fases inscrições abertas por 15 dias; avaliação dos documentos pela comissão; publicação dos selecionados; e pagamento dos benefícios.

Leia Também

Moradores protestam após adolescente ser atropelado e morto por picape
Interior
Moradores protestam após adolescente ser atropelado e morto por picape
Adolescente de 16 anos mata o pai para defender mãe de agressões
Polícia
Adolescente de 16 anos mata o pai para defender mãe de agressões
Ciclista morre após ser atropelado no Chácara das Mansões
Polícia
Ciclista morre após ser atropelado no Chácara das Mansões
Marido tenta defender esposa e acaba morto a tiros em Campo Grande
Polícia
Marido tenta defender esposa e acaba morto a tiros em Campo Grande