TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sexta, 01 de julho de 2022 Campo Grande/MS
Cidades

Secretários de MS apresentam dados de infectados pela Covid-19 para novo Ministro da Saúde

Eduardo Riedel e Geraldo Resende repassaram a situação atual do Estado durante a pandemia

04 maio 2020 - 11h12Por Dany Nascimento

Mato Grosso do Sul participou de uma videoconferência com o novo Ministro da Saúde, Nelson Teich para debater as diretrizes a serem tomadas em relação ao combate do coronavírus. Os dados atuais de infectados no Estado também foram repassados ao Ministro.

O secretário de Gestão Estratégica, Eduardo Côrrea Riedel, representou o governador Reinaldo Azambuja e participou do evento acompanhado do secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

Durante o encontro, Riedel explicou as estratégias para o combate da pandemia no Estado que já somam 100 ações desenvolvidas pelo governo e deu ênfase às barreiras sanitárias. “Como temos um leque de fronteira muito grande com os municípios do Sul, Sudeste e o próprio Centro-oeste, muito mais no intuito de monitorar a entrada de pessoas aqui em MS foi a implementação de 17 barreiras sanitárias ao longo de tais fronteiras e do Aeroporto Internacional de Campo Grande”.

Além disso, o secretário apresentou do panorama do Estado. “Dos 79 municípios, 21 em que existe pelo menos um caso de contaminação os outros ainda seguem sem nenhum registro”.

O secretário Geraldo Resende explicou das dificuldades na compra de equipamentos e falou do recebimento dos testes. “Conseguimos com apoio de outras entidades, melhorar nossa capacidade de testagem. Fizemos a ferramenta de drive-thru no Estado, em Campo Grande, Dourados e Três Lagoas, queremos ampliar a iniciativa levando-a para as regiões de fronteiras, uma medida da qual fomos pioneiros”.

Geraldo disse ainda, que o Estado utiliza os dados conforme orientações do governo federal: “Os testes rápidos que chegaram do ministério da saúde nós estamos utilizando conforme os critérios do ministério da saúde em profissionais da saúde e do pessoal que nos ajuda na segurança pública, que tem sido parceira, o braço direito da Secretaria de Saúde”.