(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Shopping se prepara para 'Rolezinho' em Campo Grande

'Rolezinho'

21 JAN 2014
Lucas Arruda
13h35min

Mesmo com o "Rolezinho" perdendo a força em algumas capitais do país, como no caso do Rio de Janeiro que compareceram pouquíssimas pessoas, jovens da Capital ainda mantém o evento no Facebook para este domingo, a partir das 16 horas, no shopping Campo Grande.

Com o medo de haver baderneiros em meio aos protestantes, o shopping e os próprios lojistas afirmam que tomarão algumas precauções para evitar qualquer tipo de conflito.

Segundo o presidente dos lojistas do shopping Campo Grande, Ricardo Kuninari, a segurança do shopping, que é menor no domingo, estará com o efetivo que possui normalmente entre a semana. "Cada lojista seguirá a orientação da segurança no dia, por enquanto só foi passado que o efetivo deles será normal", afirma.

Kuninari diz que o shopping não chegaria a proibir uma manifestação pacífica, mas que há medo de haver arrastão como aconteceu em São Paulo. "Não sabemos o que está acontecendo direito nestes 'Rolezinhos', mas sempre há baderneiro no meio de manifestantes sérios que estragam o movimento", frisa

A proprietária da loja Santa Lolla, Sandra Oshiro afirma que a administração do empreendimento pediu para todos ficarem tranquilos, mas, caso seja necessário, ela fechará as portas da loja no domingo. "Não posso colocar pessoas em risco", argumenta.

Evento - Na página do evento no Facebook, muitos jovens entram em contradição com relação à finalidade do evento. Alguns dizem que o protesto é para acabar com o "apartheid social" que existe nos shoppings do país, já outros afirmam que a manifestação é desnecessária e só para causar tumulto.

Uma enquete foi publicada na página na terça-feira (14) com 22 opções de escolha, algumas um tanto quanto inusitadas. A mais votada é "Polícia para meter o cacete", que até o fechamento da matéria estava com 283 votos. Já a segunda mais votada é "Roda de freestyle com beatbox", com 93 votos. Agora algumas com menos votos são motivos de riso, como "Bernal e suas bernadetes", "A zueira sem limites" e "Umas danada". Outras são motivo de preocupação, como "Roubar" e "Um beck".

Até o fechamento da matéria 1005 pessoas confirmaram presença na página do evento no Facebook. 

Veja também