TJMS - novembro
tce novembro
Menu
Busca terça, 19 de novembro de 2019
Cidades

Suspeita de tráfico de drogas, secretária de esportes tem recurso negado e segue na cadeia

Prisão dela ocorreu no dia 6 deste mês pelo Gaeco

16 março 2019 - 12h06Por Thiago de Souza

A secretária de Esportes de Três Lagoas, Marisa Andrade Rocha, teve recurso negado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e por isso segue presa por suspeita de tráfico de drogas. Ela, que é vereadora licenciada, foi presa dia 6 de março deste ano.

O habeas corpus pedido pela defesa da secretária foi negado pelo magistrado encarregado de analisar o pedido, o desembargador Rui Celso. Ela pedia para responder o processo em liberdade.

Conforme o JP News, ainda há um pedido de relaxamento da prisão de Marisa, que será julgado pelo colegiado do TJ.

Drogas

A Operação Themis 2, do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, conseguiu provas de que Marisa Andrade Rocha era líder de uma quadrilha que trafica drogas.

Ainda segundo o jornal, as investigações começaram quando a Promotoria de Justiça de Três Lagoas pediu apoio ao Gaeco para investigar ameaças de morte a uma promotora.

Em 2013, a Polícia Militar apreendeu 193 quilos de maconha em um sítio da família de Marisa. No entanto, nada foi comprovado contra a parlamentar.