Menu
terça, 11 de agosto de 2020
Cidades

Suspeita de tráfico de drogas, secretária de esportes tem recurso negado e segue na cadeia

Prisão dela ocorreu no dia 6 deste mês pelo Gaeco

16 março 2019 - 12h06Por Thiago de Souza

A secretária de Esportes de Três Lagoas, Marisa Andrade Rocha, teve recurso negado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e por isso segue presa por suspeita de tráfico de drogas. Ela, que é vereadora licenciada, foi presa dia 6 de março deste ano.

O habeas corpus pedido pela defesa da secretária foi negado pelo magistrado encarregado de analisar o pedido, o desembargador Rui Celso. Ela pedia para responder o processo em liberdade.

Conforme o JP News, ainda há um pedido de relaxamento da prisão de Marisa, que será julgado pelo colegiado do TJ.

Drogas

A Operação Themis 2, do Grupo de Atuação e Combate ao Crime Organizado, o Gaeco, conseguiu provas de que Marisa Andrade Rocha era líder de uma quadrilha que trafica drogas.

Ainda segundo o jornal, as investigações começaram quando a Promotoria de Justiça de Três Lagoas pediu apoio ao Gaeco para investigar ameaças de morte a uma promotora.

Em 2013, a Polícia Militar apreendeu 193 quilos de maconha em um sítio da família de Marisa. No entanto, nada foi comprovado contra a parlamentar.

Leia Também

Mato Grosso do Sul tem 21 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul tem 21 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas
Lei seca e prorrogação do toque de recolher são sugeridas para evitar lockdown em Campo Grande
CORONAVÍRUS
Lei seca e prorrogação do toque de recolher são sugeridas para evitar lockdown em Campo Grande
AACC/MS e Liga do Bem se unem para ação solidária para ajudar na arrecadação da instituição
Algo mais
AACC/MS e Liga do Bem se unem para ação solidária para ajudar na arrecadação da instituição
Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil
Política
Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil