Menu
segunda, 17 de maio de 2021
MS CRESCE PELA VIDA 14 a 18/05/2021
Cidades

Vídeo íntimo de pastor de MS vaza e Assembleia de Deus convoca reunião de emergência

Antônio Dionízio foi flagrado em foto indiscreta e Comadems chamou o encontro

20 outubro 2020 - 15h00Por Vinícius Squinelo

Presidente da Assembleia de Deus em Mato Grosso do Sul, Antônio Dionízio provocou um verdadeiro tsunami na comunidade evangélica neste começo de semana. A ponto da entidade que representa a Igreja – Convenção dos Ministros das Assembleias de Deus no Estado de Mato Grosso do Sul (Comadems) – convocou reunião de emergência para tratar a situação.

A ‘bomba’ foi vídeo vazado que mostra o pastor em carícias indiscretas nas nádegas de uma mulher. O vídeo caiu como uma bomba no ministério, que já vinha dividido justamente por uma suposta traição anterior. 

O pastor já havia sido acusado de cometer adultério recentemente, e por essa razão a esposa teria pedido o divórcio. A ex, Elizabeth de Souza, inclusive teria mudado de Estado, indo para Minas Gerais.

Não é o primeiro problema envolvendo Dionízio, que viu o filho caçula, Elizeu deixar a diretoria da igreja, por apoio à mãe.

À Comadems, nome da entidade, Dionízio alegou que a mulher que aparece no vídeo seria sua namorada, e aproveitou para anunciar que irá se casar com ela. A reunião do Conselho teria ocorrido nesta segunda-feira.

Mesmo com o anúncio do casamento com aquela que supostamente seria sua amante, a Assembleia de Deus no Mato Grosso do Sul tem o poder, inclusive, de destituir o pastor do cargo, o mais alto da Igreja no Estado.