TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
segunda, 23 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Ciência e Tecnologia

Alunos de 17 estados iniciam provas da Olimpíada do Conhecimento em Campo Grande

Ao todo são 27 competidores

10 setembro 2018 - 14h18Por Senai

Começou! O diretor-regional do Senai de Mato Grosso do Sul, Rodolpho Caesar Mangialardo, abriu, nesta segunda-feira (10/09), no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, em Campo Grande (MS), as provas da Olimpíada do Conhecimento, que é uma seletiva para a WorldSkills 2019, um torneio mundial de profissões que será realizado em Kazan, na Rússia.

Ao todo são 27 competidores oriundos de unidades do Senai em 17 Estados, sendo que 15 disputam a seletiva da ocupação “Instalações Elétricas Prediais” e 12 competem na ocupação “Controle Industrial”. 

Segundo o Rodolpho Caesar Mangialardo, a partir de agora eles terão de cumprir, durante os quatro dias de prova, dentro de prazos e padrões internacionais de qualidade, tarefas do dia a dia do trabalho dentro de uma indústria, mostrando excelência técnica, concentração e garra de campeão para conseguirem a medalha de ouro e conquistarem uma vaga no mundial de 2019.

“A WorldSkills 2019 é um dos maiores eventos em educação profissional do mundo. Para nós de Mato Grosso do Sul, sediar essa seletiva é uma grande oportunidade de ter contato com os melhores alunos dos outros Estados também, entendendo como esse processo todo funciona e ganhando maturidade e experiência para, quem sabe, representar o Brasil na Rússia”, afirmou. 

Sobre as provas 

O coordenador técnico do Senai Nacional, Fábio Lima de Deus, explicou que os alunos receberam os desafios e, a partir de então, não podem ter contato com mais ninguém a não ser os coordenadores da competição. “Na ocupação de Instalações Elétricas Prediais, os competidores terão de fazer uma simulação de uma instalação elétrica com equipamentos de automação residencial. Eles vão instalar a infraestrutura, bem como programar os equipamentos e colocar em funcionamento, com uma pausa para um teste de simulador de defeito”, detalhou. 

Já na ocupação de “Controle Industrial” os competidores também vão trabalhar com a infraestrutura aplicada à indústria e simular montagem de quadro, painel, fazer a montagem real de um painel que irá representar a funcionalidade de uma máquina ou de um equipamento industrial. “Também terão de programar os equipamentos de automação, alinhada com a Indústria 4.0 e passarão por processo com simulador de processo”, completou Fábio Lima de Deus. 

Ele reforçou ainda que as provas exigem um nível de preparação grande por parte dos participantes, que terão 20 horas para concluir toda a bateria de provas. “Essa aplicação é chancelada pela WorlSkills, então é tudo baseado em padrões internacional. Isso significa que os nossos alunos do Senai estão preparados para atuar em indústrias do mundo todo”, finalizou. 

Competidores

 Daniel Silva Delcato é o mais novo competidor das seletivas da WorldSkills 2019 em Campo Grande, mas a pouca idade não intimida. “Estou confiante no meu potencial, porque sei o quanto treinei e me preparei para essa competição. Hoje estou organizado meu material conforme a ordem com que os equipamentos deverão ser utilizados e espero realmente conquistar um bom resultado e, quem sabe, representar o País na Rússia ano que vem”, afirmou, acrescentando que é aluno do curso técnico em eletrotécnica do Senai de Naviraí e que disputa a seletiva da ocupação “Instalações Elétricas Prediais”. 

Competindo na mesma ocupação, Carlos Augusto Neotte Brys, de 20 anos, é aluno do curso de eletricista de manutenção do Senai de Sapucaia do Sul (RS) e vem se preparando para as provas desde maio de 2016. Atento a cada grão de pó do seu espaço, está se preparando para que as provas sejam executadas com rapidez e precisão. “Como vou colar a fita adesiva na parede para a realização das provas, sei que a poeira pode me prejudicar, então estou limpando tudo com muito cuidado. Este é o momento para eu me preparar e poder dar o meu melhor a partir desta segunda-feira, quando começa a bateria”, ressaltou. 

Representando Minas Gerais, Victor Antonio Fonseca e Silva, de 18 anos, é aluno do curso técnico em automação do Senai de São João Del Rei (MG) e iniciou a preparação para as seletivas da ocupação de “Controle Industrial” em novembro de 2016. “Acredito que estar aqui é uma oportunidade única e meu objetivo é colocar em prática tudo o que aprendi durante o curso e os treinos. O resultado vai ser apenas a consequência do bom trabalho”, salientou. 

Já Suelem Lopes, de 18 anos, é a única competidora mulher da competição em Campo Grande. Aluna do curso técnico em automação do Senai de Porto Velho (RO) e disputando a ocupação de “Controle Industrial”, acredita que tem a mesma capacidade de qualquer um dos concorrentes. “Pode ser que um ou outro esteja mais preparado por conta do tempo de treinos, mas não sou mais fraca ou menos capaz porque sou mulher. Acho importante estar aqui mostrando que todo mundo pode atuar na profissão que quiser e já estou muito feliz por poder representar meu Estado. Meu objetivo é dar o meu melhor”, finalizou. 

Serviço – A Olimpíada do Conhecimento é realizada no Centro de Convenções e Exposições Albano Franco, na Avenida Mato Grosso, 5.017, Bairro Carandá Bosque, Campo Grande (MS), das 13 às 21 horas, com entrada franca