Menu
sábado, 16 de janeiro de 2021
CORONAVÍRUS

Cenário é aterrorizante, diz secretário ao anunciar mais 19 mortes da covid

De acordo com a pasta, os números são alarmantes, já que, desde o início da pandemia 2.565 vidas foram perdidas

11 janeiro 2021 - 11h10Por Nathalia Pelzl

Mais 19 mortes foram contabilizadas nas últimas 24 horas, em Mato Grosso do Sul. A informação é do boletim epidemiológico da SES, Secretaria de Estado de Saúde, desta segunda-feira (11). Dessas, 8 só em Campo Grande.

Conforme o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, a média móvel de mortes está altíssima, aterrorizante, e uma verdadeira catástrofe ou tragédia, que foi anunciada, mas não contou com a colaboração dos sul-mato-grossenses. A média móvel de óbitos é de 23,9.

De acordo com a pasta, os números são alarmantes, já que, desde o início da pandemia 2.565 vidas foram perdidas. 

Até agora são 490.019 casos notificados, 338.908 descartados, 144.051 casos confirmados, sendo 455 só nas últimas 24 horas. A média móvel de casos por dia é de 1.114,4.

Ainda segundo a pasta, são 128.935 pacientes recuperados.  Na live, as autoridades de saúde voltaram a pedir que as secretarias municipais encerrem os casos de covid, já que 5.528 casos não foram encerrados. 

São 2.423 amostras em análise no Lacen, além de 568 pacientes internados, sendo 293 em leitos clínicos e 275 em leitos e UTI.