(67) 99826-0686
IPVA

Do Sul, Mato Grosso do Sul, a produção mais esperada pelo público será exibida hoje no FestCine

Festival de Cinema

25 NOV 2013
Aline Oliveira
16h50min
Making off - diretor Fábio Flecha

O mais novo trabalho do produtor Fábio Flecha estreia hoje (25), a partir das 20h, no cine Cinépolis (Shopping Norte Sul Plaza), como parte da programação do FestCine Vídeo América do Sul que teve início no último dia 21 e prossegue até 29 de novembro.


O curta "Do Sul, Mato Grosso do Sul" é o mais recente trabalho de Flecha que estreou com produções no estado, produzindo o média-metragem "Fronteira", de David Cardoso em 2011. Em seguida foi lançado o curta "Espera" de 2012 e agora, como define o produtor, o bang-bang à moda sul-mato-grossense".


"Nós divulgamos todas as nossas produções no Youtube que é um grande aliado na divulgação dos trabalhos. Tanto que o 'Espera' já teve 18 mil acessos. O 'Do Sul' foi produzido com recursos próprios, sem ajuda da iniciativa pública e já foi divulgado na rede. Nossa expectativa é que tenha a mesma aceitação de público e que agrade os expectadores ", explicou.


Questionado sobre o porquê do tema, o produtor revelou que a questão da confusão do nome do Estado sempre causa polêmica entre a população e resolveu então colocar isso em um roteiro. "Aproveitamos a polêmica local e mostramos que é possível realizar um filme de ação, com efeitos visuais e cortes de câmera", detalhou Flecha que assina o roteiro e direção do curta-metragem.


Sobre a carreira - Fábio Flecha comentou que o trabalho na área de audiovisual começou em 2000 quando decidiu ir para os Estados Unidos estudar cinema, já que antes trabalhava no setor de agro indústria. "Minha profissão anterior não tinha nada a ver com audiovisual e segui para os Estados Unidos, onde participei de vários cursos técnicos que me deram embasamento e me ensinaram a observar o cinema de forma profissional", alegou.


Para o produtor, a salvação do cinema atual é focar a atenção no público, não apenas regionalmente como em todo país. "Não adianta simplesmente ter apoio do poder público e produzir sem critérios, temos sim que apostar em pesquisa, produção e criatividade. Só assim os trabalhos terão maior visibilidade, serão conhecidos".


FestCine - Na avaliação de Flecha, o FestCine está de parabéns pela condução da ACV/MS (Associação de Cinema e Vídeo de MS) e a Fundação Estadual de Cultura. "A organização já merece parabéns pelo retorno do festival e ainda o retoma em grande classe, dentro de uma rede de cinema comercial, ou seja, na casa do Cinema", elogiou.


O produtor já tem outros trabalhos em andamento no audiovisual, por meio do projeto "Lendas Pantaneiras" e agora quer investir também na televisão. "Estamos com três projetos de curta-metragens em andamento, são eles: O desafio de Viola, O Enterro e Sem Fim, todos com temática regional e baseado no folclore de MS. Para 2014 estamos preparando uma série televisiva que será apresentada no Rio Content Market, evento realizado no Rio de Janeiro que seleciona novas produções para TV fechada", anunciou.

 

Making off - diretor Fábio Flecha
Making off - diretor Fábio Flecha
Making off - diretor Fábio Flecha

Veja também