Prof Rinaldo
(67) 99826-0686
Gov - Agosto Lilas 09 a 24/08

Elton John reclama de cenas de sexo gay cortadas na exibição de 'Rocketman' na Rússia

Segundo empresa que distribui filme no país, mudanças foram para respeitar as leis russas

2 JUN 2019
Da redação/G1
16h20min
Foto: Reprodução/G1

A distribuidora na Rússia do filme biográfico sobre Elton John censurou cenas de amor homossexual e de consumo de drogas na versão para esse país, segundo críticos que assistiram a uma exibição nesta sexta-feira em Moscou. A empresa confirmou ter realizado essas modificações por razões legais, sem explicações. "Todas as cenas de beijos, amor ou sexo oral entre homem foram cortadas", escreveu no Facebook o crítico de cinema russo Anton Doline.

Apresentada no Festival de Cannes, "Rocketman" conta a ascensão de Elton John, um dos primeiros cantores abertamente gay, e sua luta contra os vícios (drogas, sexo, álcool). Outro jornalista russo que assistiu à exibição afirmou que as cenas sobre drogas também haviam sido retiradas.

A empresa que distribui "Rocketman" na Rússia, Central Partenership, confirmou à agência estatal TASS que o filme foi modificado para "respeitar as leis russas". Desde 2013, uma lei pune com multa ou prisão qualquer ato de "propaganda" homossexual ante menores. No entanto, não está claro se isso se aplica ao filme, que será proibido para menores de 18 anos quando for lançado na Rússia, na semana que vem.

O ministro russo da Cultura, Vladimir Medinski, desmentiu que sua pasta tenha sido responsável por estes cortes, argumentando que "tudo é decidido pelo distribuidor", segundo a agência Ria Novosti. Segundo o crítico Anton Doline, a mensagem que aparece no final do filme também foi modificada: o texto original indica que Elton John encontrou o amor e cria duas crianças com uma pessoa do mesmo sexo, a versão russa diz apenas que ele criou uma associação de luta contra a aids.

Sem cortes

Outros filmes com cenas de amor homossexual, entre eles "Bohemian Rapsody", sobre o vocalista do Queen, Freddy Mercury, já foram exibidos na Rússia sem cortes.

Elton John é popular na Rússia, onde se apresentou pela primeira vez em 1979. No entanto, o cantor se mostrou crítico com as leis russas, consideradas discriminatórias para homossexuais.

Veja também