Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
Camara - corona
Economia

Balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 224 milhões em outubro

Economia

01 novembro 2013 - 18h50Por Aline Oliveira

O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) divulgou hoje (1º), que a balança comercial brasileira registrou no mês outubro, déficit de US$ 224 milhões e o resultado já é considerado o pior desde 2000, quando o saldo negativo atingiu US$ 546 milhões.

 

Cabe destacar que na comparação com o mesmo período em 2012, foi registrado um superávit de US$ 1,651 bilhão o que causa mais preocupação ao mercado financeiro. A quarta semana de outubro fechou com déficit de US$ 72 milhões e a quinta também ficou negativa em US$ 1,155 bilhão.

 

A pesquisa informou ainda que as vendas de bens adicionais para o exterior somaram US$ 22,822 bilhões em outubro deste ano, ante US$ 21,763 bilhões no mesmo período do ano passado. As importações alcançaram US$ 23,046 bilhões, com aumento em relação a setembro que obteve US$ 20,112 bilhões.

 

Ao longo de outubro, o saldo do comércio exterior brasileiro no acumulado do ano chegou a ficar positivo em função da exportação de uma plataforma de petróleo, mas as três últimas semanas do mês foram deficitárias, o que puxou o desempenho para baixo. Uma das explicações do forte déficit no acumulado do ano é o registro de aproximadamente US$ 4,6 bilhões importações de petróleo e derivados que ocorreram no fim de 2012, mas que foram registradas apenas no começo de 2013.

 

Fonte: Valor Econômico

Leia Também

Reme começa a transmitir aulas pela TV nesta segunda-feira
Cidade Morena
Reme começa a transmitir aulas pela TV nesta segunda-feira
Secretário ‘mete o pau’ em novo indicado de Bolsonaro na Saúde
Geral
Secretário ‘mete o pau’ em novo indicado de Bolsonaro na Saúde
Lives de hoje: Zé Neto & Cristiano, Bell Marques, Jota Quest e mais shows para ver em casa
Cultura
Lives de hoje: Zé Neto & Cristiano, Bell Marques, Jota Quest e mais shows para ver em casa
CURADOS do coronavírus passam dos 1.000 em MS
Saúde
CURADOS do coronavírus passam dos 1.000 em MS