TJMS SETEMBRO
Menu
quinta, 16 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
GOV Set - mais social
Economia

Levantamento indica que vendas a prazo tiveram aumento de 3% em 2013

Comércio

26 dezembro 2013 - 15h30Por Aline Oliveira

 

O levantamento realizado pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) entre os dias 18 e 24 de dezembro, indicou que o movimento de vendas a prazo no comércio brasileiro  aumentou 2,97% em relação a 2012. O aumento foi considerado fraco, sendo menor do que o previsto pelos lojistas, que estimaram uma meta de 5% no volume de vendas.

 

De acordo com o presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, apesar de o número ser positivo, ele reflete a tendência de desaquecimento das vendas no varejo observado ao longo de 2013, em virtude principalmente do encarecimento do crédito. “O cenário econômico é desfavorável e os dados indicam que a inflação pesou no bolso dos consumidores. Os juros estão mais caros e a massa salarial já não cresce com tanto vigor como nos últimos anos, o que é fundamental para aquecer o consumo interno”, explicou Pellizzaro.

 

Mesmo com o cenário adverso, o número foi levemente superior ao de 2012 (+2,97% em 2013 contra +2,37% registrado em 2012). Para Pellizzaro Junior, esse pode ser um indicativo de que mais pessoas fizeram compras de última hora. O Natal é considerado pelos lojistas como a data comemorativa mais importante em faturamento e volume de vendas e costuma movimentar, principalmente, artigos de vestuário, calçados, cosméticos, perfumaria, eletrodomésticos da linha branca, smartphones e tablets.

 

Na avaliação do especialista, o movimento econômico nos últimos dias do ano e nas primeiras semanas de janeiro dependerá da criatividade dos lojistas. "Como essa é a famosa semana das trocas de presentes, o comerciante tem a oportunidade de emplacar novas vendas para melhorar o desempenho, além da realização das tradicionais liquidações", acredita.

 

Metodologia - O dado é extraído do banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito) e divulgado pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), entidades líderes do comércio varejista, que juntas contam com mais de 1,2 milhão de pontos de vendas em shopping centers e lojas de rua em mais de 2.200 municípios brasileiros.

 

Fonte: Agrolink

Leia Também

Vídeo: ladrão furta botijão de gás e apanha até não querer mais no Indubrasil
Polícia
Vídeo: ladrão furta botijão de gás e apanha até não querer mais no Indubrasil
Servidor que filmava mulheres no banheiro é demitido em Paraíso das Águas
Interior
Servidor que filmava mulheres no banheiro é demitido em Paraíso das Águas
Piloto de quadriciclo cai de ponte de dois metros em Piraputanga
Interior
Piloto de quadriciclo cai de ponte de dois metros em Piraputanga
Empresa parceira da Sanesul vai instalar usina de energia solar em 2022
Cidades
Empresa parceira da Sanesul vai instalar usina de energia solar em 2022