Menu
Busca terça, 04 de agosto de 2020
Linha de frente - compet
Economia

Mercado diz que economia crescerá 1,2% em 2017

O levantamento é divulgado às segundas-feiras no boletim Focus

22 agosto 2016 - 12h19Por Agência Brasil

Instituições financeiras consultadas pelo Banco Central (BC) informaram que a projeção de crescimento da economia brasileira em 2017 passou de 1,1% para 1,2%. Para 2016, elas mantêm a estimativa de encolhimento da economia. A projeção de queda do Produto Interno Bruto (PIB), soma de todos os bens e serviços produzidos no país, permanece em 3,20% para 2016. As estimativas fazem parte de pesquisa feita todas as semanas pelo BC sobre os principais indicadores da economia. O levantamento é divulgado às segundas-feiras no boletim Focus.

A projeção das instituições financeiras para a inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), foi mantida em 7,31% este ano, e caiu de 5,14% para 5,12%, em 2017. As estimativas estão distantes do centro da meta de inflação de 4,5%. Para 2016, a projeção ultrapassa também o limite superior da meta que é 6,5%. O teto da meta em 2017 é 6%.

Inflação

É função do BC fazer com que a inflação fique dentro da meta. Um dos instrumentos usados para influenciar a atividade econômica e, consequentemente, a inflação, é a taxa básica de juros, a Selic. Quando o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central aumenta a Selic, a meta é conter a demanda aquecida, e isso gera reflexos nos preços, porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Quando o Copom reduz os juros básicos, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, mas a medida alivia o controle sobre a inflação. Atualmente, a Selic está em 14,25% ao ano.

A expectativa das instituições financeiras para a taxa Selic permanece em 13,75% ao ano, ao final de 2016, e segue em 11% ao ano no fim de 2017. A projeção para a cotação do dólar segue em R$ 3,30 ao final de 2016, e caiu de R$ 3,50 para R$ 3,45, no fim de 2017.

Leia Também

BURACO ERRADO: homem descobre traição em festinha de casais, quebra motel e agride PM em Dourados
Interior
BURACO ERRADO: homem descobre traição em festinha de casais, quebra motel e agride PM em Dourados
Gordinha tieta goleiro Bruno e leitor faz piada: 'precisa de dez cachorros para devorá-la'
Geral
Gordinha tieta goleiro Bruno e leitor faz piada: 'precisa de dez cachorros para devorá-la'
CRIME E CASTIGO: depois de assassinar esposa a facadas, homem bate o carro e morre ao fugir
Geral
CRIME E CASTIGO: depois de assassinar esposa a facadas, homem bate o carro e morre ao fugir
Depois de seis dias 'na lona', Delcídio tem alta da 'covidengue' em Campo Grande
Cidade Morena
Depois de seis dias 'na lona', Delcídio tem alta da 'covidengue' em Campo Grande