Tribunal de Contas
(67) 99826-0686
Camara - marco

MS apresenta alta de 0,45% na geração de empregos

Crescimento

22 NOV 2013
Da Redação
07h56min
Foto Edemir Rodrigues

Dados divulgados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregos e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego apontaram que Mato Grosso do Sul apresentou uma alta de 0,45% na geração de empregos, no mês de outubro. Os índices foram comparados com o estoque de assalariados no mês de setembro.

De acordo com o estudo, em outubro foram gerados 2.302 empregos celetistas. O número, além de representar um saldo positivo entre contratações e demissões, mostra, ainda, o desempenho melhor que em setembro, que já havia registrado crescimento, com  961 novos postos com carteira assinada.

Conforme  os dados, o setor da construção civil foi o que mais contribuiu para o resultado,  com a criação de 1.492 postos de trabalho, seguido do comércio com 858 postos e da indústria da transformação, que contratou formalmente 261 pessoas.

Pelos índices dos dez primeiros meses deste ano, a criação de novas vagas chega a 28.374 postos, o que representa um acréscimo de 5,74% em relação ao mesmo período do ano passado. Ao consultar um período mais longo, nos últimos 12 meses verificou-se um crescimento de 4,01% no nível de emprego, ou seja, 20.153 postos de trabalho foram criados em Mato Grosso do Sul no período.

Segundo o CAGED Três Lagoas, foi o município que mais contribuiu para a efetivação da alta, seguido de Campo Grande e Dourados, com saldo positivo entre demissões e contratações de 1.622, 611 e 185 novas vagas respectivamente. Ponta Porã ficou em 4º lugar, com saldo de 81 empregos com carteira assinada.

Geral - No Brasil, o saldo no mês de outubro foi positivo em 94.893 novos postos de trabalho, enquanto o acumulado do ano mostra a criação de 1.464.457 novas vagas, apresentando um crescimento de 3,7%, o que mostra que Mato Grosso do Sul está bem acima da média nacional.

Veja também