Menu
sexta, 27 de novembro de 2020
Economia

TRF mantém decisão e leilão da 1ª Rodada do Pré-sal será realizado na próxima segunda

Petrobras

17 outubro 2013 - 18h20Por Aline Oliveira

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região, por meio da desembargadora federal Nizete Lobato Carmo, manteve a decisão que indeferiu no mês passado, liminar contra a realização da 1ª Rodada do Pré-Sal que irá leiloar o campo de Libra, na Bacia de Santos, na próxima segunda-feira (21).

 

A desembargadora afirmou que as alegações de espionagem eram vagas, hipotéticas, e que as notícias eram genéricas. Ela disse que a realização da 1ª Rodada do Pré-sal não representava lesão ou risco de lesão à moralidade administrativa ou ao erário e que "o maior perigo de dano decorre da sua suspensão, pois é isso que vai gerar riqueza nova e o maior desenvolvimento do país".

 

Em contrapartida, a 6ª Vara Federal de São Paulo reconheceu a prevenção e remeteu para a 30ª Vara do Rio de Janeiro, a ação civil pública ajuizada pelo Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo contra a 1ª Rodada do Pré-sal. Os trabalhadores entraram em greve na madrugada desta quinta-feira, por tempo indeterminado por entender que a venda trará riscos à soberania e prejuízos para o Brasil, no caso do campo ser apropriado por petroleiras estrangeiras.

 

Segundo informações da ANP (Agência Nacional do Petróleo) essa é a quarta ação ajuizada com pedido de suspensão da rodada, não havendo qualquer liminar deferida.

 

Leia Também

Crianças sumidas no Los Angeles estão em casa, diz mãe em rede social
Cidade Morena
Crianças sumidas no Los Angeles estão em casa, diz mãe em rede social
Professora sumida em Ponta Porã é encontrada e família agradece apoio
Interior
Professora sumida em Ponta Porã é encontrada e família agradece apoio
'Louco e drogado': clientes dizem que Beto promovia distúrbios constantes no Carrefour
Geral
'Louco e drogado': clientes dizem que Beto promovia distúrbios constantes no Carrefour
Governador de SC é absolvido de impeachment e retoma cargo
Geral
Governador de SC é absolvido de impeachment e retoma cargo