ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
PMCG - SLOGAN 17/06 A 30/06

Aeroporto Internacional Marechal Rondon é avaliado como o segundo pior do Brasil

Vice Liderança

5 FEV 2014
Carlos Guessy
17h20min
Foto: Divulgação

Segundo uma pesquisa divulgada pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República nesta quarta-feira (5), o Aeroporto Internacional de Cuiabá Marechal Rondon é o segundo pior entre os 15 avaliados pelos passageiros nos quatro últimos meses de 2013.


Com uma nota de 3,43 em uma escala de satisfação em que 5 é a pontuação máxima, o aeroporto da capital de Mato Grosso só não teve a pior avaliação que o de Guarulhos (3,31). O terminal de Campinas (SP) liderou o ranking, com uma nota de 4,12.


A pesquisa ouviu 18.213 pessoas, desse total, 12.238 entrevistas foram feitas com passageiros que estavam em salas de embarque para voos domésticos e, outras 5.975, em salas de embarque para voos internacionais. Entre os aeroportos avaliados estão os das 12 cidades-sede de jogos da Copa.


As queixas mais recorrentes envolvem o valor da alimentação e de produtos comerciais nos aeroportos, além do custo do estacionamento e o acesso à internet.


O aeroporto em Cuiabá passa por obras, impulsionadas pela proximidade com a Copa do Mundo. Ainda no início deste ano, baldes foram espalhados pela área de embarque do aeroporto para conter a água devido a goteiras.


Em resposta a situação, a assessoria da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), afirmou que a goteira se deu por conta de um defeito no ar-condicionado da sala de embarque e por isso foram colocados os baldes.


Principais reclamações

Dos 40 itens avaliados pelos passageiros ouvidos na pesquisa, o que teve a pior nota geral, ou seja, na média dos 15 aeroportos, foi o valor da alimentação (2,16). O valor dos produtos comerciais, com nota 2,38, e o custo do estacionamento, com nota 2,89, completam a lista das três principais reclamações dos clientes nos aeroportos.


Na outra ponta, o item mais bem avaliado pelos passageiros foi o atendimento e cordialidade dos funcionários do check-in das empresas aéreas: 4,38. Ele é seguido pelo rigor na inspeção de segurança (4,34) e eficiência dos funcionários no check-in (4,34).

Veja também