(67) 99826-0686
PMCG - Prestação de contas

Ampola com sangue de João Paulo II é roubada de igreja italiana

Igreja Católica

27 JAN 2014
Schimene Weber
08h25min
Foto: Reprodução

Uma ampola que continha o sangue do Papa João Paulo II foi roubada junto com um crucifixo durante a noite de domingo (26), de acordo com informações policiais. O relicário era mantido na Igreja de San Pietro della Ienca, em L'Aquila, região italiana de Abruzzi.

Na operação de investigação, estão trabalhando cerca de 50 policiais, que controlam toda a região do pequeno santuário, efetuando buscas para a localização.

Segundo o presidente da associação cultural San Pietro della Ienca, a relíquia é de grande importância, já que só existem três ampolas com o sangue do Papa, considerado um ícone importante para a fé católica.

Os investigadores não descartam a possibilidade de o roubo ter acontecido para que o sangue seja utilizado em algum ritual satânico.


Histórico - Em agosto de 2012, três ladrões que estavam em um trem roubaram uma mochila de um padre que continha um relicário em forma de livro, onde estava a ampola de sangue de João Paulo II.

A mochila com a relíquia foi encontrada poucas horas depois, perto da estação ferroviária de Marina di Cerveteri, no litoral de Roma. 

Veja também