Menu
sexta, 30 de outubro de 2020
Geral

Aplicativo para homens avaliarem moças, Tubby adia lançamento

Vingança

04 dezembro 2013 - 16h14Por G1

A equipe responsável pelo desenvolvimento do Tubby, aplicativo para homens avaliarem as mulheres, adiou o lançamento do serviço para sexta-feira (6). A previsão inicial era de que o app chegasse às lojas Google Play, do Android, e App Store, do iOS, nesta quarta (4).

Antes mesmo de ser lançado, o Tubby já gera indignação entre as mulheres. Algumas hashtags exibidas no site do aplicativo sugerem que os parâmetros de avaliação serão bem menos sutis dos que os usados no Lulu, app que percorre o caminho inverso e permite às mulheres avaliarem os homens.

Por volta da 0h desta quarta, em sua página do Facebook, a equipe do Tubby argumentou que o aplicativo teve muito sucesso, o que prejudicou os seus servidores, e que por isso o lançamento do serviço seria adiado em 48 horas.

"Nosso sucesso foi enorme. Tivemos mais acessos que o esperado e muita divulgação. Isso significa que estamos investindo em uma estrutura de servidor que consiga atender a todos e finalizando nossa documentação legal", afirma a mensagem na rede social. Mais tarde, a página do Tubby informou que os botões de cadastro (para homens) e de descadastro (para mulheres) foram removidos.

Conforme alardeado pela equipe responsável, o Tubby é uma "revanche" às avaliações do Lulu. Lançado oficialmente na semana passada, o aplicativo que incentiva mulheres a classificar o comportamento e desempenho de homens arrebatou a simpatia da ala feminina e a antipatia da masculina.

Um jovem pediu indenização de R$ 27 mil ao Facebook e ao Lulu por violarem seus direitos constitucionais à privacidade e à honra. Depois disso, o Ministério Público Federal (MPF) também abriu um inquérito contra as duas empresas.

Antes, o app Lulu havia dado origem a uma nova forma de negócio: uma página na internet passou a vender avaliações positivas para que homens insatisfeitos com suas notas elevassem um pouco sua média.

Leia Também

Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Geral
Homem é preso por vender ossadas de cemitério para rituais religiosos no Rio
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Geral
Brasil tem 513 mortes pela covid em 24 horas, diz Ministério da Saúde
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Cidade Morena
Corredor de ônibus e apoio aos aplicativos foram destaque em horário eleitoral da noite
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio
Interior
Babaca: homem invade quintal e mata cachorro a pauladas em Anastácio