TCE ABRIL 16 A 22/04
Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Geral

Pedintes agridem mulher e esposo na Afonso Pena: 'cuspiu na cara'

Aglomeração de andarilhos ocorre na altura do Camelódromo, diz a denunciante

26 fevereiro 2021 - 17h00Por Thiago de Souza

Após o TopMídiaNews mostrar a denúncia de uma gestante, que sofreu uma cusparada de um pedinte, na avenida Fábio Zahran, em Campo Grande, outra denúncia veio à tona. Uma mulher relatou que o marido levou uma cusparada no rosto, em plena Afonso Pena. 

Conforme o relato, a esposa da vítima disse que trafegava na avenida, na altura do Camelódromo. Um pedinte os abordou e, ao ter o pedido de dinheiro negado, o homem atacou o esposo dela. 

‘’Cuspiu na cara do meu marido’’, lamentou a denunciante. 

A mulher destaca que muitos dessas pessoas em situação de rua que pedem dinheiro se concentram em diversos pontos da Afonso Pena, sendo alguns na região da Morada d os Baís. Ela cobra atuação das autoridades para que episódios de violência não se repitam. 

‘’O que as autoridades estão fazendo? A situação está bem crítica’’, garante a mulher. 

Fábio Zahran 

Conforme publicado pelo site, na quarta-feira (24), a motorista destaca que está grávida de cinco meses e carregava o filho de cinco anos no banco de trás. 

Ainda de acordo com a denunciante, o ar-condicionado do veículo estava estragado e ela já havia pegado muito sol horas antes. Por isso, ao ver o sinal fechado, parou o carro em uma sombra até que o farol abrisse, quase no cruzamento com a avenida das Bandeiras. 

‘’assim que abriu... eu segui e, simplesmente, o pedinte ficou andando devagar de propósito na minha faixa para que eu não seguisse em frente’’, relembrou a vítima. 

Bloqueada, a mulher teve que mudar de faixa e, ao passar por ele, sofreu uma cusparada, que acertou a parte de baixo do carro. 

‘’Ele deve ter ficado bravo porque ele viu que parei longe e pensou que eu não queria dar dinheiro...’’, lamentou. 

Para ver os detalhes da matéria, clique aqui