Menu
sábado, 19 de setembro de 2020
Geral

Após incêndio, clubes manifestam solidariedade ao Flamengo

O incêndio no alojamento da equipe deixou pelo menos dez mortos e três feridos, segundo as últimas informações

08 fevereiro 2019 - 11h55Por Da redação / Agência Brasil

 O clube de futebol Fluminense divulgou hoje (8) nota de solidariedade ao seu rivalo Flamengo, após ser noticiado do incêndio ocorrido nesta madrugada no centro de treinamento do time rubro-negro. O incêndio no alojamento da equipe deixou pelo menos dez mortos e três feridos, segundo as últimas informações. 

"Hoje não há clima para treino. As atividades do dia foram canceladas. Jogadores e membros da comissão técnica se solidarizam com as vitimas e familiares da tragédia que aconteceu no Ninho do Urubu", escreveu o time tricolor, em seu perfil no Twitter, decretando luto oficial de três dias. 

A tragédia sensibilizou de igual modo, a equipe do Vasco da Gama, também sediada no Rio de Janeiro. "O CRVG [Club de Regatas Vasco da Gama] lamenta profundamente o trágico incêndio no CT [Centro de Treinamento] do Flamengo. A Direção Administrativa manifesta pesar e solidariedade aos familiares das vítimas, bem como à Direção e a todos os atletas do CRF [Clube de Regatas do Flamengo]. Colocamo-nos à disposição para auxiliar no que for necessário. #ForçaFlamengo", disse, em postagem também publicada no Twitter.

Na mesma rede social, o Botafogo lamentou o acontecimento, dizendo que "hoje não tem rivalidade, não tem disputa, não tem vitória". "Estamos todos derrotados e a dor é muito grande. Força ao @Flamengo, às vítimas e a todas as famílias das pessoas envolvidas na tragédia do Ninho do Urubu. #ForçaFlamengo", acrescentou.

Em respeito às vítimas, a partida que seria disputada amanhã (9), às 19h, entre Flamengo e Fluminense, no Maracanã, foi cancelada. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) deve definir, com os dirigentes dos dois clubes, uma nova data para o jogo. A reunião está marcada para hoje, no período da manhã.

Leia Também

Chamado de “Adélio Trutis”, deputado mostra votação esquisita para "rasteira" em Siqueira
Política
Chamado de “Adélio Trutis”, deputado mostra votação esquisita para "rasteira" em Siqueira
MS contabilizou mais 649 casos de coronavírus
CORONAVÍRUS
MS contabilizou mais 649 casos de coronavírus
Pastor xinga esposa de imbecil e inicia live com 'paz do senhor'; veja o vídeo
Geral
Pastor xinga esposa de imbecil e inicia live com 'paz do senhor'; veja o vídeo
Filho de Mandetta abandona aula de faculdade após professor criticar seu pai
Geral
Filho de Mandetta abandona aula de faculdade após professor criticar seu pai