TCE Julho  17 a 19/07 e 22 a 25/07
(67) 99826-0686
PMCG - REFIS 01 a 30/07/2019

Bebê fica paraplégico e com dano cerebral após comer maçã

Entenda o que aconteceu!

6 ABR 2019
R7
07h38min
Foto: Child Forum

Um bebê de apenas 22 meses ficou paraplégico e com graves danos cerebrais após ter comido um pedaço de maçã na creche. Ocorre que o pequeno Neihana estava na creche com sua irmã gêmea, Aotea, em Rotorua na Nova Zelândia quando engasgou com um pedaço de maçã.

Ao engasgar o pequeno parou de respirar e sofreu uma parada cardíaca. Ele acabou sofrendo paralisia cerebral. Ele precisou ficar dois meses internado no hospital. Em decorrência deste incidente, o menino que era saudável, sofreu graves sequelas. Ele acabou ficando paraplégico, incapaz de falar e de engolir.

O caso ocorreu no dia 31 de maio de 2016 e se tornou público agora ao ser relatado pela médica Sarah Alexander da ONG Child Forum.  “O menino agora tem lesão cerebral hipóxica e uma severa paralisia cerebral, ele não consegue falar, engolir e nem mover seu corpo”, disse a médica.

Ela continuou e fez um alerta sobre dar maçãs cruas para bebês. “Dar alimentos como um pedaço de maçã crua, pipoca, uva, entre outros, para crianças pequenas que podem engasgar facilmente, como a creche fez, não é recomendado”, afirmou Sarah.

Além de todas estas sequelas, o bebê ainda precisa retornar frequentemente ao hospital porque desde então tem desenvolvido uma série de infecções no pulmão. A mãe do menino, que é médica, precisou abandonar a profissão para cuidar do filho.

A ONG e a família do pequeno decidiram tornar o caso público para alertar sobre os riscos de oferecer alguns alimentos que são mais fáceis de se engasgar, como pedaços de maçã crua, para crianças pequenas.

Veja também