Menu
Busca sábado, 06 de junho de 2020
Camara - corona
Geral

Bernal tira servidores de cargos de confiança

Troca-troca

18 outubro 2013 - 12h55Por Juliene Katayama

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), tirou alguns servidores lotados em cargos de confiança de suas funções. Na lista consta Kátia Silene Sarturi Chadid, mulher do conselheiro Ronaldo Chadid. O decreto foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) desta sexta-feira (18).

Além dela que estava como Coordenadora da Coordenadoria de Assuntos Imobiliários (CASI), também foram alterados Adrianne Cristine Coelho Lobo (Coordenadora da Coordenadoria de Assuntos Tributários - CATRI); Altair Pereira de Souza (Assessoramento Jurídico junto à Secretaria Municipal de Saúde Pública); Valdecir Balbino da Silva (Coordenador da Coordenadoria de Assuntos Judiciais, Cíveis e Residuais); Matusael de Assunção Chaves (Chefe da Divisão de Ações Trabalhistas); Henrique Anselmo Brandão Ramos (Chefe da Divisão de Ações Cíveis e Residuais); Rosalino Rodrigues Holsbach (Assessoramento Jurídico junto à Secretaria Municipal de Administração).

Os cargos eram diretamente ligados à Procuradoria-Geral do Município. No início do mês, Denir de Souza Nantes foi nomeado para assumir o comando da pasta depois do afastamento do ex-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Luiz Carlos Santini, no fim de setembro.

Leia Também

VÍDEO: para rebater Bolsonaro, JN aciona 'plantão' sem necessidade e divulga dados da covid
Geral
VÍDEO: para rebater Bolsonaro, JN aciona 'plantão' sem necessidade e divulga dados da covid
Ministro Marco Aurélio autoriza Jamil Name a voltar para presídio do MS
Cidade Morena
Ministro Marco Aurélio autoriza Jamil Name a voltar para presídio do MS
TRÁGICO: brasileiros mortos pela covid-19 já passam dos 35 mil
Geral
TRÁGICO: brasileiros mortos pela covid-19 já passam dos 35 mil
ABSURDO: Fachin proíbe operações policiais em favelas do Rio durante pandemia
Geral
ABSURDO: Fachin proíbe operações policiais em favelas do Rio durante pandemia