Menu
quarta, 21 de outubro de 2020
Geral

Brasil reduz desigualdades sociais,mas violência continua, diz pesquisa

Violência

06 dezembro 2013 - 09h39Por Agência Brasil

Estudo realizado pelo sociólogo e cientista político Emir Sader apontou que o Brasil e a America Latina reduziram as desigualdades sociais, mas não diminuíram a violência   “O diagnóstico correto seria: menor desigualdade tende a menos violência, diz o sociólogo e cientista político Emiar Sader. Segundo ele, o maior paradoxo é estarmos em um país que diminuiu a pobreza, mas tem intensificado a violência”. O ponto de vista será posto para debate na próxima sexta-feira (13), no Fórum Mundial de Direitos Humanos.

O evento acontecerá em Brasília de 10 a 13 de dezembro. Sader fará parte da mesa Por uma Cultura de Direitos Humanos, junto com a professora argentina Alicia Cabezudo e a presidenta da Comissão Nacional para os Direitos Humanos e Cidadania de Cabo Verde, Zelinda Cohen. O debate será sobre o papel da educação em direitos humanos para o desenvolvimento e emancipação do cidadão.

Segundo o levantamento, agressões e ameaças são os mais comuns, com 14,3% dos entrevistados tendo sofrido situações do tipo nesse período. Em seguida, aparecem relatos de discriminação (10,7%), furtos de objetos (9,8%) e fraudes (9,2%). “Houve um aumento de interesse por direitos humanos, mas nos círculos pequenos. No conjunto da sociedade isso não chega”.

Leia Também

Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
Geral
Filha comemora aniversário com foto em tamanho real do pai, morto há um ano
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
Foi preso
VÍDEO: menino de 2 anos tem pescoço amarrado com coleira por tio-avô em Chapadão do Sul
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Cidade Morena
No horário eleitoral noturno, candidatos falam de infraestrutura e educação infantil
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil
Geral
Brasil tem 661 mortes por covid em 24h e total se aproxima de 155 mil