FIEMS JUNHO

domingo, 16 de junho de 2024

Busca

domingo, 16 de junho de 2024

Link WhatsApp

Entre em nosso grupo

2

WhatsApp Top Mídia News
Geral

há 1 semana

Cachorro que dilacerou corpo de bebê estava com a família há 5 anos: 'nunca havia atacado ninguém'

Animal estava preso, mas conseguiu fugir por um buraco na grade e atacou bebê de 5 meses

O cachorro que atacou e dilacerou Isis da Silva Sobrinho, 5 meses, estava com os avós paternos da menina há 5 anos. O animal estava preso e arrastou a menina depois de escapar por um buraco na grade e alcançar a vítima que dormia no sofá da sala, durante um almoço de família, na terça-feira (4), na Cidade Ocidental, no Entorno do Distrito Federal.

Segundo o G1, os pais da bebê disseram em depoimento à Polícia Civil que deixaram a menina sozinha para comprar álcool para um churrasco com a família. De acordo com a polícia, Isis foi deixada dormindo no sofá de casa pelos pais.

O avô da bebê informou que o animal já estava na família havia 5 anos e que nunca havia atacado ninguém.

Os relatos da polícia afirmam que o cachorro estava preso, mas conseguiu escapar por um buraco na grade. A bebê teve lesões na cabeça e partes do corpo dilacerada, de acordo com a equipe médica que a atendeu.

O tio estava na casa, no momento do ataque, quando disse que ouviu o choro da bebê e foi verificar o que era e encontrou a sobrinha no quintal sendo mordida e arrastada pelo animal.

Os pais da bebê foram presos, pagaram um salário mínimo (R$ 1.412) cada para serem soltos. “O delegado plantonista autuou eles por homicídio culposo, [quando não há intenção de matar]. Esse crime permite o pagamento de fiança em razão da tipificação”, explicou a delegada Dilamar de Castro.

 

Loading

Carregando Comentários...

Veja também

Ver Mais notícias
AMIGOS DA CIDADE MORENA ABRIL NOVEMBRO