Menu
terça, 27 de outubro de 2020
Geral

Cantor Milionário é condenado por fraude em show

Superfaturamento

15 fevereiro 2014 - 16h43Por Schimene Weber

O cantor Milionário, da dupla 'Milionário e José Rico', foi condenado em primeira instância pela Justiça de Santa Rita do Sapucaí (MG), por um suposto superfaturamento em um show realizado em maio de 2006.

Conforme o texto que consta nos autos, a apresentação, que aconteceu em comemoração ao aniversário da cidade, teria custado R$ 33 mil, mas foi pago com um cheque da prefeitura no valor de R$ 57 mil.

Além do cantor, o ex-prefeito do município, Ronaldo de Azevedo Carvalho, o responsável pela empresa contratante do show, Carlos Eduardo Caires, e o agente do evento, André Renato Martins, também foram condenados. De acordo com o Ministério Público, o valor chamou atenção porque, na mesma época, a dupla recebeu R$ 33 mil para se apresentar em outros municípios do Sul de Minas.

Defesa - Em depoimento ao Ministério Público, o cantor disse que o contrato com a prefeitura era de R$ 33 mil e que, após o show, ele foi procurado por um homem que, a mando do prefeito, pediu que ele assinasse um documento com um valor maior.

Milionário foi condenado a um ano e seis meses, em regime aberto, mas a pena foi substituída por restrições de direitos e 10 salários mínimos a uma entidade social de Santa Rita do Sapucaí.


André Renato pegou 1 ano e 10 meses em regime aberto, e teve a pena revertida em restrições de direitos e nove salários mínimos.

Carlos Eduardo pegou quatro anos em regime aberto, também revertidos em restrições de direitos e oito salários mínimos, além de dois anos de serviços comunitários.

Já o ex-prefeito Ronaldo de Azevedo Carvalho foi condenado a seis anos em regime semiaberto, mas como ele já tem mais de 70 anos, a pena foi reduzida para cinco anos e oito meses.

Leia Também

Polícia Federal prende mecânico com 85 kg de cocaína em Dourados
Interior
Polícia Federal prende mecânico com 85 kg de cocaína em Dourados
Candidatos dedicam horário eleitoral da noite para falar de saúde, segurança e trânsito
Cidade Morena
Candidatos dedicam horário eleitoral da noite para falar de saúde, segurança e trânsito
Candidatura rejeitada: Harfouche promete recorrer ao TRE e que decisão de juiz 'é irrelevante'
Cidade Morena
Candidatura rejeitada: Harfouche promete recorrer ao TRE e que decisão de juiz 'é irrelevante'
Sérgio Harfouche está fora da eleição para prefeito, decide juiz
Cidade Morena
Sérgio Harfouche está fora da eleição para prefeito, decide juiz