TCE MAIO
TJMS MAIO
Menu
terça, 24 de maio de 2022 Campo Grande/MS
CÂMARA MUNICIPAL MAIO 2/3 ANO
Geral

Cauã Reymond retoma namoro com apresentadora Mariana Goldfarb

Mãe de Flávia Alessandra, Rachel Costa publicou um clique com a modelo e entregou que os dois

27 outubro 2018 - 18h26Por MSN

Cauã Reymond e Mariana Goldfarb resolveram dar mais uma chance ao amor e reataram a relação. Segundo o jornal "Extra", a apresentadora esteve em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, onde o ator gravou cenas do filme "Dom Pedro".

Mãe de Flávia Alessandra, Rachel Costa publicou um clique com a modelo e entregou que os dois visitaram o seu estabelecimento.

"E essa menina tão linda a Mariana Goldfarb, que veio tomar um chá comigo na Capitão na Areia Pousada, em Arraial do Cabo, e visitar a equipe do filme Dom Pedro com Cauã Reymond, tão querido... Obrigada por estar conosco nos visitando", escreveu. O Purepeople entrou em contato com a assessoria do galã, mas não obteve retorno até o momento da publicação desta matéria.

Cauã e Mariana estão juntos há mais de 2 anos, entre idas e vindas. No início do agosto, eles anunciaram o fim do romance, mas voltaram a se seguir no Instagram em setembro, quando curtiram fotos um do outro.

Modelo fez desabafo sobre liberdade

Uma semana depois de comentar o término com Cauã, com quem viajou para as Ilhas Malvidas, Mariana chegou a divulgar um texto em que fazia um desabafo sobre liberdade.

"Escolhi a mim. Nunca pensei que a liberdade custasse tão caro. Nada antes foi tão duro de conseguir. Me sinto com sede depois de ter bebido oceano. Continuo com sede. Me sinto sem braço, sem perna, sem mão mas não sem mim. Penso o que teria sido se eu tivesse optado pelos braços, pernas, anéis e brincos e esquecido das minhas sardas. É caro. Não é coisa de gente grande. É coisa de criança mesmo. Coisa de gente grande não quero não. Sou pequenina, sou broto, botão, nunca quis ser avião, sempre fui passarinho. Prefiro a ausência de sapatos. Não sei andar de salto alto. Prefiro o andar dos gatos. Prefiro a luz da lua aos flashes dos fotógrafos, eles cegam. Prefiro o calor do sol aos dos casacos caros. Aliás não gosto de casacos, nem de vestidos de paetês, entendi que ao vestir-me de mim fico insuportável aos olhos dos que fogem de si. Me disseram que sou rebelde, talvez seja mesmo e ai de mim se mudar. Vou pagar ainda mais caro, caríssimo, vou pagar com a minha vida. Vou morrer. Não quero morrer assim, seria triste. Quero morrer vestida de mim. Quero morrer sendo insuportável. Quero ser lembrada pelo sorriso com os sisos a mostra mas principalmente os caninos. Quero ser lembrada rebelde, criança, broto, botão, nunca avião. Já disse, sou passarinho", disse na ocasião.