Menu
sábado, 18 de setembro de 2021 Campo Grande/MS
Geral

Companhia aérea pede desculpas após funcionária zoar nome de cliente criança

Mãe da criança contou que a companhia "não fez nada" até que a família decidiu fazer uma reclamação formal

30 novembro 2018 - 10h11Por Da redação / Extra

Uma companhia aérea pediu desculpas depois que uma funcionária caçoou do nome de uma cliente de 5 anos. Traci Redford estava com a filha prestes a embarcar no aeroporto de John Wayne, na Califórnia, rumo ao Texas, quando a mulher passou a rir e apontar para a criança.

Após pegar as passagens no portão de embarque, a funcionária decidiu tirar uma foto da identificação da menina - chamada Abcde - e postar na internet. Segundo a BBC, o porta-voz da companhia aérea Southwest emitiu à família "sinceras desculpas". O representante Chris Mainz destacou ao "Buzzfeed News" que o post da funcionária nas redes sociais "não era compatível com o cuidado, o respeito e a civilidade" que a aérea espera de seu serviço.

Em entrevista à rede "ABC7", a mãe da criança contou que a companhia "não fez nada" até que a família decidiu fazer uma reclamação formal. Segundo ela, a funcionária "apontou para a filha, contou para outros funcionários" e constrangeu a menina.

"Ela (Abcde) me disse: 'Mãe, por que ela está rindo do meu nome?'. E eu disse que nem todo mundo é legal e nem todo vai ser legal, infelizmente", destacou Traci. O banco de dados do site Vocativ publicou um relatório de 2014 no qual afirmava haver, à época, 328 crianças com o nome Abcde nos Estados Unidos, com base em informação da Administração de Segurança Social.