(67) 99826-0686

Dólar fecha em queda nesta quinta, de olho nas eleições dos EUA

Agentes permanecem cautelosos devido à proximidade das eleições norte-americanas, já que a disputa ficou mais acirrada e os investidores se preocupam com a perspectiva de Donald Trump vencer Hillary Clinton, destaca a Reuter

3 NOV 2016
G1
20h00min

O dólar fechou em queda nesta quinta-feira (3), de olho no comportamento da moeda norte-americana no exterior e com investidores apreensivos com a eleição presidencial nos Estados Unidos, marcada para a próxima semana.

O dólar caiu 0,16%, a R$ 3,236 na venda. Veja a cotação.

Acompanhe a cotação ao longo do dia:

Às 9h15, queda de 0,38%, a R$ 3,2241

Às 9h20, queda de 0,52%, a R$ 3,2257

Às 10h10, queda de 0,22%, a R$ 3,2339

Às 10h40, queda de 0,13%, a R$ 3,2370

Às 11h39, queda de 0,06%, a 3,2394

Às 12h10, queda de 0,22%, a R$ 3,234

Às 12h59, queda de 0,33%, a R$ 3,2304

Às 13h49, queda de 0,29%, a R$ 3,2319

Às 14h30, alta de 0,13%, a R$ 3,2455

Às 15h50, queda de 0,32%, a R$ 3,2308

Na semana e no mês, o dólar acumula alta de 1,24% e 1,44% em relação ao real, respectivamente. No ano, há desvalorização de 18,03%.

Os agentes permanecem cautelosos devido à proximidade das eleições norte-americanas, já que a disputa ficou mais acirrada e os investidores se preocupam com a perspectiva de Donald Trump vencer Hillary Clinton, destaca a Reuters.

Recentes pesquisas de intenção de voto mostraram perda de fôlego da candidata democrata Hillary Clinton frente ao seu adversário republicano Donald Trump, considerado muito radical e que tem deixado os mercados financeiros globais preocupados com possíveis mudanças na política econômica que poderia adotar caso vença a disputa.

Nesta manhã, duas novas pesquisas mostraram que Hillary tinha leve vantagem sobre Trump.

Segundo levantamento Reuters/Ipsos, divulgado na véspera, a vantagem da democrata estava voltando a seis pontos percentuais, a mesma que tinha antes do anúncio do FBI relacionado ao seu uso de um servidor particular de e-mails.

Veja também