Menu
domingo, 29 de novembro de 2020
Geral

Eike Batista entrará com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira

Justiça

06 novembro 2013 - 11h23Por Reuters

A empresa de construção naval OSX, do ex-bilionário Eike Batista, está considerando entrar com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira, disseram três fontes à Reuters, mesmo após a companhia ter confirmado uma importante rolagem de dívida.Os documentos para o pedido de recuperação judicial da OSX --que, se confirmado, seguiria o caminho da empresa-irmã de petróleo OGX-- já estão prontos e o pedido na Justiça do Rio de Janeiro pode ocorrer a qualquer momento. O estaleiro tem dívidas de cerca de 5,3 bilhões de reais.

Nesta manhã, a OSX informou que sua subsidiária OSX Construção Naval renovou empréstimo-ponte de 461,4 milhões de reais com a Caixa Econômica Federal destinado à implantação de unidade de construção de plataformas no Porto do Açu, no Rio de Janeiro. A renovação da dívida foi antecipada pela Reuters na terça-feira.

Segundo comunicado da OSX, a renovação do empréstimo vale por 12 meses a partir do vencimento original, em 19 de outubro deste ano. O contrato de garantia firmado com o Santander também foi aditado pelo mesmo prazo. Um outro empréstimo-ponte de valor parecido obtido pela mesma subsidiária com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) teve seu vencimento prorrogado em 15 de outubro por 30 dias, e tem garantia pelo Banco Votorantim.

A OSX informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que "a recuperação judicial é uma possibilidade que a companhia está considerando, mas ainda não há definição sobre isso".  

Leia Também

Três sortudos levaram R$ 33 mil no sorteio da Nota MS Premiada
Economia
Três sortudos levaram R$ 33 mil no sorteio da Nota MS Premiada
GCM encerra festa com mais de 350 pessoas em chácara em Campo Grande
CORONAVÍRUS
GCM encerra festa com mais de 350 pessoas em chácara em Campo Grande
Segundo corpo é encontrado na Chácara das Mansões
Polícia
Segundo corpo é encontrado na Chácara das Mansões
Delegada se revolta, após soltura de advogado e mais seis envolvidos em caso de pedofilia e estupro
Polícia
Delegada se revolta, após soltura de advogado e mais seis envolvidos em caso de pedofilia e estupro