ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Estado é case em evento internacional sobre planejamento estratégico de ações de governo

O case do Estado foi apresentado pela consultora do Movimento Brasil Competitivo

17 NOV 2016
Assessoria
19h39min

O planejamento de gestão de Mato Grosso do Sul foi tema de apresentação no XXI Congresso Internacional do Centro Latino-Americano de Administração para o Desenvolvimento (Clad), realizado de 9 a 11 de novembro, no Chile. O evento é aberto a participação de países da América Latina e Caribe e tem como foco a apresentação de inovações e experiências bem sucedidas na administração pública.

O case do Estado foi apresentado pela consultora do Movimento Brasil Competitivo(MBC), Renata Vilhena, no painel “Inovação em governança pública no Brasil”. Renata, que é consultora do planejamento da gestão estadual e também integrante do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República, apresentou o tema “Inovações gerenciais no governo do Mato Grosso do Sul”.

Na experiência do Estado o destaque ficou por conta do modelo que está sendo construído, com metodologias de monitoramento e capacitação do PMI adaptadas à realidade do Estado. “O que chamou atenção é que não há uma consultoria contratada, mas que estamos trabalhando com os recursos internos da estrutura pública”, conta Renata.

O modelo de planejamento estratégico do Estado tem como instrumento o Contrato de Gestão, um documento firmado pelas secretarias estaduais com as obras e realizações prioritárias anuais a serem entregues à população. O planejamento contém ações práticas, com prazos de entrega e forma de comprovação definidas e é sistematicamente monitorado pela Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov). Os processos de gestão têm envolvimento de aproximadamente 250 servidores, capacitados para elaboração e acompanhamento de projetos.

Segundo a consultora, também chamou atenção no congresso o fato da equipe de monitoramento não ter papel de controlador, mas sim de assessorar para o alcance dos resultados. Outro ponto em destaque é a participação do govenador. “O que faz o modelo que está sendo construído em Mato Grosso do Sul caminhar, amadurecer e ser bem sucedido é a rotina de acompanhamento e a liderança do governador”, afirma, observando que o planejamento do Estado também se destacou pela sua relevância a aplicação de recursos diante da crise nacional.

Também participaram do painel de exposição de MS o diretor do Instituto Publix, Humberto, Falcão Martins, apresentando case sobre a inovação colaborativa no ensino fundamental e médio de Goiás, e o secretário do Planejamento do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, Gustavo Nogueira, com sua experiência com governança. O próximo Congresso será realizado em 2017, na Espanha.

Veja também