tjms julho
Menu
Busca quinta, 09 de julho de 2020
ALMS
Geral

Farc mantêm sua vontade de paz, diz líder após derrota em plebiscito

A Colômbia enfrenta uma guerra com as Farc há 52 anos

03 outubro 2016 - 11h14Por Agência Brasil

O líder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), Rodrigo Londoño, conhecido como Timochenko, garantiu que o grupo mantém sua vontade de paz – mesmo após derrota no referendo realizado ontem (2) no país e que decidiu pelo “não” a um acordo de paz entre a guerrilha e o governo colombiano.

“As Farc lamentam profundamente que o poder destrutivo dos que celebram o ódio e o rancor tenha sido incutido na opinião da população colombiana. Com o resultado, sabemos que o nosso desafio como movimento político é maior e nos requer mais força para construir a paz estável e duradoura”, disse.

Ainda em sua declaração, Timochenko destacou que as Farc reiteram sua disposição em usar apenas a palavra como arma de construção para o futuro. “Ao povo colombiano, que sonha com a paz, que conte conosco. A paz triunfará”, concluiu.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, anunciou hoje (3) que não vai desistir de assinar o acordo de paz com as Farc após uma derrota inesperada nas urnas. “O cessar-fogo é bilateral e definitivo. Não desistirei. Buscarei a paz até o último dia do meu mandato”, disse, em sua primeira declaração após a divulgação do resultado do referendo.

O conflito

A Colômbia enfrenta uma guerra com as Farc há 52 anos. O conflito já provocou a morte de 220 mil pessoas. A guerrilha tinha prometido que, caso o acordo fosse assinado, se tornaria um partido político. O governo colombiano não precisava submeter o acordo de paz a um referendo, mas decidiu convocar a consulta popular para dar legitimidade política à decisão. 

Leia Também

MS lança campanha 'Alô vizinho' para combater violência doméstica
Cidades
MS lança campanha 'Alô vizinho' para combater violência doméstica
Amigos lamentam morte de policial que sofria de depressão em Campo Grande
Cidade Morena
Amigos lamentam morte de policial que sofria de depressão em Campo Grande
Agendamento on line para castração de gatos retorna de forma gradativa no CCZ
Cidade Morena
Agendamento on line para castração de gatos retorna de forma gradativa no CCZ
Mato Grosso do Sul tem 600 novos casos e 136 mortes por covid-19
Saúde
Mato Grosso do Sul tem 600 novos casos e 136 mortes por covid-19