Menu
sexta, 18 de setembro de 2020
Geral

Juiz causa polêmica após dizer que sexo com a mulher é 'direito fundamental' do marido

A decisão foi duramente criticada nas redes sociais por internautas e políticos

04 abril 2019 - 14h30Por Da redação/iBahia

Um juiz do Tribunal de Proteção no Reino Unido, que cuida de assuntos financeiros e do bem-estar de quem não tem capacidade mental para tomar decisões por si mesmas, disse que é "direito humano fundamental" de um homem ter relações sexuais com sua mulher, mesmo que ela não tenha como consentir com o ato.

O comentário foi feito pelo magistrado Anthony Paul Hayden a respeito do caso de uma jovem de 20 anos. Segundo os advogados dela, a mulher tem dificuldades de aprendizagem e sua condição começou a se deteriorar ultimamente. A decisão foi duramente criticada nas redes sociais por internautas e políticos, como a parlamentar trabalhista de Bristol West, Thangam Debbonaire.

"Isso legitima a misoginia e o ódio às mulheres. Um juiz afirmou que 'não consigo pensar em nenhum direito humano mais obviamente fundamental do que o direito de um homem ter sexo com sua esposa'. Nenhum homem no Reino Unido tem esse direito legal de insistir em sexo. Nenhum consentimento = estupro", disse Debbonaire em um post no Twitter.

Leia Também

Para Bolsonaro, 'quem fica em casa na pandemia é fraco'
Geral
Para Bolsonaro, 'quem fica em casa na pandemia é fraco'
Parque de esportes radicais promete ser referência e transformar Jardim Noroeste
Cidade Morena
Parque de esportes radicais promete ser referência e transformar Jardim Noroeste
'Menina moleca, alegre e sorridente', dizem amigos sobre jovem morta após aplicação estética
Geral
'Menina moleca, alegre e sorridente', dizem amigos sobre jovem morta após aplicação estética
Dourados está há cinco dias sem registrar mortes de moradores locais pela covid-19
Interior
Dourados está há cinco dias sem registrar mortes de moradores locais pela covid-19