TJ BANNER JUNHO 2022
TOP MIDIA INSTITUCIONAL
Menu
sábado, 25 de junho de 2022 Campo Grande/MS
GOV ENERGIA ZERO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
GOV CRESCIMENTO JUNHO 2022
Geral

Lula afirma que poderia ensinar Bolsonaro a comer camarão e evitar internação

Petista debochou da situação do atual presidente e não deixou de cutucá-lo ao notar que ele chamou um médico das Bahamas

19 janeiro 2022 - 16h04Por Vinicius Costa

O presidente Jair Bolsonaro (PL) precisou de intervenção médica após comer um camarão no fim do ano passado e sofrer uma suboclusão intestinal. E por causa disso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) debochou da situação e disse que poderia ensiná-lo a comer o crustáceo.

A situação só foi compartilhada após o petista saber que o médico Antônio Macedo, que atendeu o presidente, foi trazido às pressas das Bahamas para atender Bolsonaro. E isso não passou impune pelo ex-presdente.

“Esse país tem um presidente que gasta R$ 600.000 para trazer médico das Bahamas e dizer que ele não sabe comer camarão. Se o problema fosse não saber comer camarão, eu ensinava. Precisa tirar a casca e mastigar 16 vezes”, disparou.

Em entrevistas para veículos de comunicação considerado de esquerda, Lula disse ainda que "camarão com casca machuca na entrada e na saída".

O petista questionou os gastos do governo federal para buscar o médico.

“Fizesse uma consulta por telemedicina, que eles falam tanto pra nós que a telemedicina vai resolver, por que não resolveu das Bahamas aqui no Brasil? O Bolsonaro lá na telinha, e o médico dizendo ‘ô, cara, aprenda a comer camarão’. Precisava pagar 600 mil reais em um avião enquanto crianças não têm testagem?”, salientou o ex-chefe do Executivo.