Menu
domingo, 29 de novembro de 2020
Geral

Mãe acredita que ciúmes motivou padrasto que decapitou bebê

Ela acredita que marido tinha ciúmes do ex, pai da menina decapitada

25 outubro 2020 - 11h50Por Nathalia Pelzl

Adriana Barbosa acredita que ciúmes pode ter motivado o marido a matar sua filha Maria Clara, de 1 ano e 3 meses, decapitada. 

O caso aconteceu em Pindamonhangaba (SP) no último dia 14 de outubro e a mulher, que está grávida do acusado, deu entrevista ao programa Cidade Alerta, da Record.

“Eu perdi minha alma”, disse ela, que tem outros três filhos do relacionamento que também gerou Maria Clara. “Nunca desconfiei de nada dele”, completou ela, que estava morando com Diogo da Silva Leite há um ano na periferia da cidade interiorana.

“Acho que pode ter sido por ciúmes”, disse ela. “Acho que incomodava ele, porque o Esteves ia todo fim de semana na porta de casa falar com os meninos, brincar com eles. Talvez o Diogo queria só ele dar carinho pros meninos”, completou.

Ela se refere a Steven Roger Galvão, pai da menina e das outras crianças. “Ele achava que eu pensava nele ainda. Pode ter sido isso”, acredita ela.

A mulher foi provocada pela reportagem e também garantiu que não sabia de nada sobre o crime e que jamais seria cúmplice no assassinato da filha. 
 

Leia Também

Brasil tem novas 587 mortes pelo covid em 24h
CORONAVÍRUS
Brasil tem novas 587 mortes pelo covid em 24h
Final Feliz! Seu Manoel é encontrado pela Polícia Civil e família agradece ajuda de todos
Cidade Morena
Final Feliz! Seu Manoel é encontrado pela Polícia Civil e família agradece ajuda de todos
Silvio Pitu promete mandato participativo e qualidade ao invés de quantidade
Política
Silvio Pitu promete mandato participativo e qualidade ao invés de quantidade
Após término com Luan Santana, Jade Magalhães para de segui-lo nas redes sociais
Geral
Após término com Luan Santana, Jade Magalhães para de segui-lo nas redes sociais