ALMS CONTAR 25/06 A 27/06
(67) 99826-0686
ALMS 13/06 a 12/07

Mais de 255 mil munições começam a ser entregues para policiais civis de Mato Grosso do Sul

Ao todo foram investidos R$ 722,4 mil nesta aquisição que integra a segunda etapa do programa MS Mais Seguro

18 NOV 2016
Sejusp
17h13min
Foto: Divulgação

 Foram entregues na Delegacia Geral da Polícia Civil (DGPC), nesta sexta-feira (18), as 255.200 munições adquiridas pelo Governo do Estado no ‘MS Mais Seguro’, programa de reestruturação das forças de segurança, lançado no mês de junho deste ano pelo governador Reinaldo Azambuja e o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, José Carlos Barbosa.

As munições já começam a ser distribuídas para as delegacias de áreas, Setores de Investigações Gerais (SIG) e delegacias especializadas de Campo Grande e dos outros 78 municípios de Mato Grosso do Sul. De acordo com o delegado Fabiano Gastaldi, titular do Departamento de Recursos e Apoio Policial (DRAP) da DGPC, são munições de trabalho e para treino dos policiais, de calibre 5,56, 40, 38, 7,62, 9mm e 12.

Ao todo foram investidos R$ 722,4 mil nesta aquisição que integra a segunda etapa do programa MS Mais Seguro. No lançamento da segunda etapa no final do mês de outubro, a Polícia Civil recebeu também 100 armas de grosso calibre, entre carabinas, metralhadoras e fuzis e mais de 360 coletes balísticos.

Além dessas entregas, o Governo do Estado já abriu processos licitatórios para compras de mais 370 viaturas, munições, equipamentos e modernização do sistema de radiocomunicação das forças de segurança de Mato Grosso do Sul, com investimentos que ultrapassam R$ 67,6 milhões. Sendo que as entregas dos equipamentos em licitação serão feitas até o final de 2018.

O total de investimentos no ‘MS Mais Seguro’ ultrapassa R$ 96,6 milhões, sendo R$ 78,8 milhões em recursos próprios, R$ 1,6 milhão de emendas parlamentares estaduais, R$ 30 mil de emendas parlamentares federais e R$ 15,9 milhões provenientes do Governo Federal, por meio do Ministério da Justiça e Cidadania, que serão investidos na modernização do sistema de radiocomunicação das polícias e Corpo de Bombeiros do Estado.

Veja também